São Paulo, SP, 24/06/2019
 
26/08/2014 - 15h51m

66ª Prêmio Emmy celebra os melhores programas de televisão

Agência Hoje/Isabela Guiaro 
Reprodução
O Emmy Awards corresponde ao Oscar (cinema), o Grammy (música) e ao Tony (teatro) da televisão americana.
O Emmy Awards corresponde ao Oscar (cinema), o Grammy (música) e ao Tony (teatro) da televisão americana.

São Paulo (Agência Hoje) - A maior premiação anual de programas televisivos americanos, Emmy, aconteceu na noite desta segunda-feira (25) no Teatro Nokia em Los Angeles (EUA). As séries “Breaking Bad”, “Sherlock”, “Modern Family”, “Fargo” e “American Horror Story” foram os maiores destaques da 66ª edição. A cerimônia teve, ainda, uma homenagem ao ator Robin Williams, encontrado morto no último dia 11.

O Emmy Awards corresponde ao Oscar (cinema), o Grammy (música) e ao Tony (teatro) da televisão americana e teve sua primeira edição no dia 25 de janeiro de 1949, dando o primeiro prêmio a Shirley Dinsdale como Melhor Personalidade da Televisão. A estatueta é de uma mulher segurando um átomo, representando a união da arte e da ciência.

As organizações responsáveis pela premiação são a Academia de Artes & Ciências Televisivas, que premia o entretenimento de horário nobre, a Academia Nacional de Artes & Ciências Televisivas, que cuida do horário diurno, esporte, notícias, e programação de documentários; e a Academia Internacional das Artes & Ciências Televisivas, para programas de origem estrangeira.

Nessa edição, a série “Breaking Bad” foi a grande estrela da noite, levando para casa cinco estatuetas: Melhor Série Dramática, Melhor Ator em Série Dramática (Bryan Cranston) Melhor Atriz Coadjuvante em Série Dramática (Anna Gunn), Melhor Ator Coadjuvante em Série Dramática (Aaron Paul) e Melhor Roteiro em Série Dramática (Moira Walley-Beckett por "Ozymandias").

“Sherlock” vem logo atrás, ganhando Melhor Ator em Minissérie ou Filme feito para TV (Benedict Cumberbatch) Melhor Ator Coadjuvante em Minissérie ou filme feito para TV (Martin Freeman) e Melhor Roteiro em Minissérie ou Filme feito para a TV (Steven Moffat).

“Modern Family” faturou os prêmios Melhor Série Cômica, Melhor Ator Coadjuvante em Série Cômica (Ty Burrell) e Melhor direção em série cômica (Gail Mancuso).

“American Horror Story” ganhou Melhor atriz em minissérie ou filme feito para TV (Jessica Lange) e Melhor Atriz Coadjuvante em Minissérie ou Filme feito para TV (Katyh Bates), enquanto “Fargo” levou as estatuetas para Melhor Direção em Minissérie ou Filme feito para a TV (Colin Bucksey) e Melhor Minissérie.

Nas categorias de séries dramáticas, Julianna Margulies, de “The Good Wife” levou a estatueta de Melhor Atriz, Allison Janney, de “Masters of Sex” ganhou como Melhor Atriz Convidada, Joe Morton, de “Scandal”, como Melhor Ator Convidado, Cary Joji Fukunaga, por "Who Goes There" – “True Detective”, como Melhor Direção.

Já nas séries cômicas, o prêmio de Melhor Atriz foi para Julia Louis-Dreyfus, de “Veep”, e o de Melhor Ator para Jim Parsons, de “The Big Bang Theory”. Melhor Atriz Coadjuvante ficou com Allison Janney, de “Mom”, e Melhor Atriz e Ator Convidados com Uzo Aduba, em “Orange is the New Black”, e Jimmy Fallon, em Saturday Night Live. Louis C.K. ganhou o Melhor Roteiro por “So Did the Fat Lady” – Louie.

Nas demais categorias, “The Normal Heart” ganhou como Melhor Filme feito para TV, “Bob's Burgers” como Melhor Animação, “The Colbert Report” como Melhor Programa de Variedades, Música ou Comédia, “The Amazing Race” como Melhor Reality Show ou Programa de Competição e Jane Lynch, de “Hollywood Game Night” como Melhor Apresentador de Reality Show.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro