São Paulo, SP, 15/11/2019
 
10/12/2015 - 17h22m

Acordo entre Mercosul e UE tem apoio da maior parte dos ministros europeus

Agência Brasil/Mariana Branco 

Brasília - O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, disse nesta quinta-feira (10) que o acordo comercial entre Mercosul e União Europeia tem o apoio da maior parte dos ministros do bloco econômico europeu.

"Houve uma reunião importante semana passada. O resultado é que, dos 27 ministros, 22, de maneira inequívoca, defenderam o acordo [com o Mercosul] por entenderem que ele era prioritário. Portanto, há já um consenso. A oferta do Mercosul está absolutamente finalizada", declarou Monteiro. O ministro evitou nomear os cinco países que permaneceriam contrários ao acordo. Ele destacou apenas que há o respaldo "de países importantes, como Alemanha e Reino Unido".

Monteiro disse ainda que não é necessário unanimidade entre os membros da Comissão Europeia para que a proposta do Mercosul seja aceita. "Temos confiança de que vamos finalmente dar a partida no processo de acordo entre Mercosul e União Europeia, depois de 15 anos ensaiando."

As negociações para um acordo entre Mercosul e União Europeia começaram no fim da década de 1990 e, desde então, avançam de maneira inconsistente. Em 2004, chegou a ocorrer uma troca de ofertas entre os blocos, que não resultou em acordo.

Em 2010, as negociações foram retomadas, mas a troca de ofertas agendada para 2013 não ocorreu. Para serem consideradas satisfatórias, espera-se que as ofertas desonerem de 85% a 95% do volume do comércio de cada bloco econômico.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro