São Paulo, SP, 23/06/2018
 
19/06/2016 - 05h35m

Amigos de engenheira desaparecida há mais de oito anos protestam contra impunidade

Agência Brasil/Flávia Villela 

Rio de Janeiro - Os oito anos do desaparecimento da engenheira Patrícia Amieiro foram lembrados hoje (18) por parentes e amigos em mais um ato para protestar contra a demora do julgamento dos policiais acusados de assassiná-la, que respondem ao processo em liberdade.

Para lembrar a data, um jardim com o nome da engenheira foi inaugurado no Elevado do Joá, zona oeste do Rio, local onde ela foi vista pela última vez, em 18 de junho de 2008, quando tinha 24 anos. Foram depositadas flores no local e uma faixa com o dizeres “8 anos, cadê Justiça?"

O pai de Patrícia, Antônio de Franco, reclamou da lentidão da Justiça, mas disse que não desistirá de lutar pela punição dos responsáveis pela morte da filha. “Nossa Justiça é arcaica. Mas não me importo, já me tiraram tudo.”

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro