São Paulo, SP, 17/06/2019
 
20/10/2014 - 11h20m

Após romper ligamento Thiago Alcântara será operado em Barcelona

Agência Hoje 
Reprodução
Thiago rompeu pela terceira vez o ligamento inferior do joelho direito
Thiago rompeu pela terceira vez o ligamento inferior do joelho direito

São Paulo (Agência Hoje) - Thiago Alcântara do Bayern de Munique será operado em Barcelona após romper pela terceira vez o ligamento inferior do joelho direito, informou nesta segunda-feira, 20, Karl-Heinz Rummenigge presidente do Conselho Diretor do time.

Antes de viajar para a Itália, onde o time alemão enfrentará a Roma pela Liga dos Campeões na terça, o dirigente minimizou as informações publicadas na imprensa alemã sobre supostas discordâncias dentro do clube sobre o tratamento do hispano-brasileiro.

Segundo ele, há "muitas falsidades na imprensa", o caso de Thiago é um "acúmulo de desgraças" e não houve nenhuma divergência médica no clube.

O atleta sofreu uma nova ruptura parcial do ligamento inferior do joelho direito na semana passada durante um treino, depois de meses afastado dos gramados pela mesma lesão. O Bayern atribui a situação a um problema de cicatrização.

A lesão repercutiu em várias páginas da imprensa esportiva alemã, que levantou divergências entre o treinador Josep Guardiola e o médico do clube, Hans-Wilhelm Müller Wohlfahrt.

Guardiola - aparentemente contra a opinião de Wohlfahrt - autorizou Thiago a viajar à Espanha em março para tratar da primeira lesão. Inicialmente, os médicos espanhóis aplicaram injeções de cortisona.

Segundo a imprensa alemã, as injeções complicaram a lesão e, quando o meio-campo voltou aos treinamentos, o problema se agravou, o que o obrigou a passar por outra cirurgia em maio.

Rummenigge ressaltou que a lesão de Thiago não é consequência de falha médica nem dos espanhóis nem dos alemães. Ele explicou que, após a primeira ruptura em março, o jogador desejava se recuperar para a Copa do Mundo do Brasil, e tentou encurtar o prazo do tratamento, porém não teve êxito.

Guardiola admitiu que pode ter errado na gestão da lesão ao autorizar que Thiago fosse tratado com cortizona, contra a opinião do departamento médico do clube.

Rummennige desmentiu um novo desentendimento, agora por causa da segunda operação do Thiago. "Nunca foi ventilado que ele seria operado nos Estados Unidos. Quando ele se lesionou de novo, desde o princípio estava claro que seria operado na Espanha. O médico espanhol é muito bom", disse Rummenigge em referência à clínica americana na qual foram operados outros jogadores do Bayern, como Javi Martínez.

Apesar disso, um médico do Bayern acompanhará a cirurgia de Thiago.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro