Armênio Eduard Soghomonyan, naturalizado brasileiro, é esperança de medalha na luta - Hoje São Paulo
São Paulo, SP, 15/08/2018
 
15/08/2016 - 07h45m

Armênio Eduard Soghomonyan, naturalizado brasileiro, é esperança de medalha na luta

Portal EBC/Edgard Matsuki 

Rio de Janeiro - Enquanto quatro mulheres representam o Brasil na luta livre (modalidade feminina da luta olímpica), apenas um atleta vai vestir o macacão do país na luta greco-romana (modalidade masculina nas Olimpíadas).

Morando no país desde 2011, o armênio Eduard Soghomonyan estreia nesta segunda-feira (15) na categoria até 130 kg (a máxima do esporte olímpico). Eduard enfrenta Iakobi Kajaia, da Geórgia, pontualmente às 10h16.

Os constantes conflitos no país de origem o fez trocar o Leste Europeu pela América do Sul. Apesar de ainda sofrer para entender algumas palavras e ter um sotaque carregado, Eduard diz estar totalmente adaptado ao Brasil.

“É um país maravilhoso. Sempre falei que isso aqui é um paraíso, porque tem tudo, menos guerra. Eu cheguei aqui com meu amigo que me chamou para passear e deu tudo certo. O pessoal viu minha vontade de ganhar e providenciou os documentos”, diz.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro