São Paulo, SP, 26/06/2019
 
24/02/2015 - 14h38m

Artigo 50 - Alimentação saudável contribui no tratamento do câncer

Agência Hoje/Dra. Silvia Regina Graziani* 

São Paulo - A alimentação saudável é fundamental para o sucesso do tratamento quimioterápico, já que além de deixar o paciente mais forte e disposto para o enfrentamento da quimioterapia, previne a perda ou excesso de peso e fortalece o sistema imunológico para que os ciclos não precisem ser interrompidos.

Embora as necessidades de calorias e proteínas diferem entre as pessoas, geralmente pacientes em tratamento quimioterápicos ganham peso, por fazer uso de alimentos calóricos como chocolates, doces, bolos e afins.

A orientação de um nutricionista é fundamental durante o tratamento, inclusive para que se monte um cardápio, que deverá ser adaptado a necessidade de cada paciente de forma individualizada.

Uma questão muito presente durante o tratamento quimioterápico é o medo de desenvolver anemia. A quimioterapia atinge também células normais e a anemia é um dos efeitos adversos da quimioterapia.

Uma as causas da anemia é a carência de “matéria prima” para a formação de células do sangue, os eritrócitos.

A matéria prima para a formação dessas células são obtidas através da ingestão de alimentos e consiste basicamente em: o ácido fólico, vitaminas A, B12, B6 e C e proteínas.

Fontes alimentares desses elementos:

Ácido Fólico: feijão, vegetais de cor verde escuro.

Ferro: carne de vaca, peixe, ovos, feijão, ervilha, frutas secas, alimentos integrais, castanhas, farinha de soja.

Proteína: carne de vaca, frango, peixe, ovos, feijão, lentilha.

Vitamina A: cenoura, beterraba, abóbora, mamão, caqui, vegetais de cor verde escuro.

Vitamina B6: cereais integrais, feijão, lentilha, aveia.

Vitamina B12: leite, ovo, peixe, carne.

Vitamina C: acerola, laranja, manga, goiaba, pêssego, tangerina.

Para prevenir a anemia, é necessário o consumo balanceado desses alimentos em porções diárias.

Dicas para uma boa alimentação durante o tratamento do câncer

Importância da boa alimentação

A boa alimentação é necessária para ter uma capacidade maior de suportar os seus efeitos colaterais, ajudar na regeneração dos tecidos que constituem o nosso corpo, poupar que o organismo utilize as reservas de nutrientes que estão armazenadas para uma eventual emergência (como infecções, desnutrição e outras alterações que são utilizadas nos casos de extrema necessidade).

Como alimentar-se

Há vários tipos de alimentos e são classificados em três grandes grupos. Uma nutrição saudável consiste em uma porção de alimentos que contenham os elementos básicos para o funcionamento normal do nosso organismo como proteínas, gorduras, sais minerais e fibras.

Alimentos Construtores – ajudam na formação dos tecidos, nas células de defesa do organismo, na cicatrização dos tecidos lesados, na formação de hormônios, fortalece os músculos e ajuda no funcionamento do cérebro.

Fontes de alimentos construtores

• Carnes de vaca, frango e peixe;

• Ovos;

• Leite e derivados como iogurtes, queijos, coalhadas;

• Leguminosas como feijão, ervilha, soja, lentilha, grão de bico e amendoim.

Alimentos Reguladores – consistem em alimentos que auxiliam o funcionamento normal do intestino, evitam a anemia, fortalecem os ossos, previnem cáries e ajudam a combater algumas doenças.

Fontes de alimentos reguladores

• Frutas: abacaxi, ameixa, banana, goiaba, laranja, maça, mamão, manga, melão, pera.

• Hortaliças: acelga, agrião, alface, couve, escarola, chuchu, vargem, repolho.

Alimentos Energéticos – consistem em alimentos que dão força, disposição e ânimo para o dia a dia.

Fontes de alimentos energéticos

• Carboidratos

• Cereais: arroz, trigo, milho, cevada, centeio, aveia.

• Feculentos: batata, inhame, mandioca, cara.

• Açúcares: doces, geleias, mel, massa e farinhas.

• Gorduras.

• Óleos: manteiga, margarina, maionese, creme de leite e banha.

Modelo de refeição saudável

1 alimento construtor + 1 alimento regulador + 1 alimento energético

Recomendação: ingerir alimentos mais ricos em nutrientes

Tipos de alimentos que devem ser ingeridos todos os dias

 

Dicas para o dia da quimioterapia

• Beber muito líquido e ingerir bebidas frias, gelatinas, sorvetes, torradas ou biscoitos salgados secos;

• Comer comidas com pouca fibra como banana, batata, purê de maçã, sopas e picolés de fruta;

• Evitar laticínios, frutas e vegetais crus;

• Não comer frituras e doces;

• Não deitar-se após as refeições, procurar ficar em posição ereta ou sentada pelo período de 1 hora;

• Utilizar alguma técnica de relaxamento.

Dicas para o dia a dia durante o tratamento

• Quando for sair e demorar no retorno, leve na bolsa petiscos nutritivos como bolachas, queijos, pães, frutas, etc. Não fique um período longo sem alimentar-se;

• Determine qual é seu melhor horário para comer e neste período coma em maior quantidade. Por exemplo, se o melhor horário for ao acordar, tome um bom café da manhã;

• Faça refeições mais líquidas, caso não tenha vontade de comer;•

Para aumentar a quantidade de calorias utilize suplementos como shakes ou bebidas instantâneas no café da manhã;

• Tome pequenos goles de bebida durante a refeição, os líquidos devem ser ingeridos 30 a 60 minutos antes e após a refeição.

Cuidados Especiais – Como prevenir doenças transmitidas pelos alimentos

Os pacientes com câncer, quando estão em tratamento, podem sofrer queda da imunidade ou das defesas naturais que temos contra infeções, causada pela grande maioria das drogas quimioterápicas que são aplicadas, pois diminuem a capacidade do organismo de produzir os glóbulos brancos, que são as células que combatem as infeções.

Por este motivo, os pacientes com câncer devem tomar muitas precauções para se protegeram das doenças transmitidas pelos alimentos.

A seguir descreveremos algumas dicas para que isto possa ser evitado:

• Lave bem todas as frutas e legumes (higienize em solução esterilizante)

;• Lave as mãos e a superfície de preparo do alimento antes e após prepará-lo;

• Descongele carnes na geladeira, nunca fora dela;

• Cozinhe muito bem carnes e ovos;

• Evite comer frutos do mar crus;

• Use sucos e refrescos pasteurizados ou processados;

• Leites e queijos pasteurizados;

• Beber bastante líquido.

Como uma grande parte dos quimioterápicos são eliminados pelo rim beber muita água e líquidos também é fundamental. A recomendação é o consumo de 2 litros de líquidos/dia, a forma de chás, sucos, água de coco e agua.

O coco e a água de coco também podem ser utilizados com frequência.O valor nutritivo do coco e o sabor varia com o estágio do coco, sendo que o coco verde é uma grande fonte de sais minerais, carboidratos, proteínas, gorduras e vitaminas A,B e C.Cada unidade de água de coco verde possui em média 60 calorias, com 15 gramas de carboidratos e repõe os minerais que são perdidos na urina e pela pele.

Alimentos que devem ser evitados:

• Frituras: mesmo que feitas em óleo vegetal, são toxicas para o fígado.

• Alimentos gordurosos: leite integral, queijo curado, carnes gordurosas, massas gordurosas, doces fritos, porque a digestão desses itens é difícil

• Enlatados: porque tem conservantes.

• Embutidos: linguiças, salsichas, defumados e outros, devido a gordura.

• Bebidas alcoólicas: podem causar distúrbios com a glicose e impedem do organismo absorver nutrientes.

Fontes:

-Nutrition for thepersonwith câncer. A guide for patientsandfamilies. American CancerSociety.

-OncologyNutrition, American DieteticAssociation.

-EatingHints for CancerPatrients, before, duringandaftertreatment. NationalInstitutesof Health

-Manual do Cuidado Nutricional em Quimioterapia – Dicas de Nutrição para o Paciente Oncológico. Andrade PVB.

www.inca.org.br

www.napacan.org.br

www.accamargo.org.br

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro