São Paulo, SP, 18/10/2018
 
23/03/2017 - 17h44m

Assessora de deputada federal e ex-superintendente de Pesca é alvo da PF

Agência Brasil/Iolando Lourenço e Luciano Nascimento 

Belém - A Polícia Federal esteve hoje (23) no gabinete da deputada Simone Morgado (PMDB-PA) em busca de Soane Castro de Moura, assessora da deputada e ex-superintendente federal de Pesca e Aquicultura do estado. A assessora é um dos alvos da segunda fase da Operação História de Pescador, que investiga fraudes na concessão do seguro-defeso no Pará.

A deputada, mulher do senador Jader Barbalho (PMDB-PA), não é investigada.

Na segunda fase, foram autorizados seis mandados de busca e apreensão e três de condução coercitiva. A Agência Brasil entrou em contato com o gabinete da deputada, que não informou se a servidora foi conduzida pela polícia. O gabinete informou que ainda hoje irá se manifestar sobre o caso.

As investigações dessa fase da operação começaram em 2016. De acordo com a PF, auxiliadas por agentes públicos, pessoas sem vínculo com o órgão acessavam sistemas internos para alterar dados do cadastro de pescadores no seguro-defeso, que é concedido a pescadores em épocas nas quais a pesca é proibida para a manutenção da fauna. A PF investiga um possível prejuízo de R$ 185 milhões no cadastro de pescadores na Superintendência Federal da Pesca e Aquicultura no Pará, que na época era vinculada ao extinto Ministério da Pesca.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro