São Paulo, SP, 15/10/2018
 
07/11/2014 - 05h06m

Aumento e Eleições

 

Para quem achava que o Governo falava sério quando dizia que o aumento no preço dos combustíveis não tinha nada a ver com as eleições, a resposta chegou mais cedo do que se previa.

A partir desta sexta-feira, 7, apenas 12 dias após o segundo turno, a gasolina fica 3% mais cara e o óleo diesel, 5%.

Esse é o aumento na retirada dos combustíveis nas distribuidoras. Todo mundo sabe que se prevalecer o jeitinho brasileiro, consagrado em situações anteriores, o consumidor final pagará muito mais do que isso nos postos.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro