São Paulo, SP, 15/11/2019
 
09/09/2014 - 13h58m

Aumento no valor dos ingressos causa crise política no Flamengo

Agência Hoje 
Reprodução
Alexandre Wrobel ameaçou deixar o cargo de vice-presidente de futebol do Flamengo
Alexandre Wrobel ameaçou deixar o cargo de vice-presidente de futebol do Flamengo

São Paulo - O aumento no valor dos ingressos para o jogo contra o Corinthians, no próximo domingo, 14, gerou uma crise política no Flamengo que pode levar a renúncia de cargos. Revoltado com a medida tomada pelo vice-presidente de marketing Luiz Eduardo Baptista, o BAP, o vice de futebol Alexandre Wrobel ameaçou deixar o cargo se os valores não voltarem ao patamar promocional - R$ 40 (R$ 20 meia) o bilhete mais em conta.

Em sua apresentação como vice-presidente de futebol, Alexandre Wrobel havia prometido a manutenção dos preços, o que acabou não acontecendo. Do outro lado, a cúpula do clube alega que os custos do Maracanã são elevados e o aumento é necessário.

Vice-presidente de marketing, Luiz Eduardo Baptista, o Bap, é o maior defensor dos preços altos, com a justificativa da valorização do programa de sócio-torcedor. No entanto, houve uma queda de membros no primeiro semestre, que vem sendo resgatada de forma lenta com a recuperação do time no Campeonato Brasileiro.

No futebol, o técnico Vanderlei Luxemburgo já havia se manifestado favorável aos preços mais baixos e considerava importante o estreitamento entre time e torcida. Na ocasião, ainda estava na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Os jogadores, em várias oportunidades, também manifestaram seu desejo de ver os preços mais acessíveis.

O mal-estar é grande. A reunião do Conselho Diretor realizada toda noite de segunda-feira pegou fogo. Dirigentes de peso questionaram a decisão tomada, principalmente, por Bap.

A dúvida fica por conta do prazo para a decisão. Os bilhetes para o confronto contra o Corinthians já estão à venda, o que dificulta a mudança nos valores.

O Flamengo baixou os preços dos ingressos dos setores Norte (RO$ 40), Sul (R$ 40) e Leste (R$ 60) nos jogos contra Botafogo, Sport, Atlético-MG e Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro, e Coritiba, pela Copa do Brasil. Antes, havia enfrentado o São Paulo no Maracanã com preços a R$ 60 para Norte e Sul, R$ 80 para o Leste Superior e R$ 100 para o Leste Inferior.

Contra o São Paulo, o Flamengo ficou com 31,1% da renda bruta. Foram ainda 34,1% no confronto com o Botafogo, 29,9% com o Sport, 28,7% com o Atlético-MG e 14% com o Coritiba. No jogo de sábado, contra o Grêmio, a maior marca com 40,6%.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro