Biopark lança pedra fundamental da Faculdade de Medicina - Hoje São Paulo
São Paulo, SP, 19/08/2018
 
19/11/2016 - 22h59m

Biopark lança pedra fundamental da Faculdade de Medicina

Agência Apoio 
UFPR/Divulgação
Solenidade marca lançamento da Faculdade de Medicina da UFPR no Biopark
Solenidade marca lançamento da Faculdade de Medicina da UFPR no Biopark

Curitiba - No sábado, dia 19 de novembro de 2016, foi feito lançamento da pedra fundamental do novo campus da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Paraná, a UFPR, a ser construída dentro do Parque Científico e Tecnológico de Biociências, o Biopark.

O evento contou com a presença do ministro da Saúde, Ricardo Barros, e da vice-governadora do Paraná, Cida Borghetti, além dos idealizadores do parque, Luiz e Carmen Donaduzzi. Na ocasião, foram apresentadas as justificativas para implantação da faculdade e a  importância de aproximar o conhecimento científico da indústria.

Também estiveram presentes na cerimônia o reitor da UFPR, Zaki Akel Sobrinho, e o vice-reitor, Rogério Andrade Mulinari.

O Biopark que foi lançado em setembro, tem um investimento inicial de R$ 500 milhões e ocupará uma área de quatro milhões de metros quadrados. O terreno e o prédio da UFPR serão doados pelo casal Donaduzzi e será o primeiro projeto concretizado no parque, com data prevista de conclusão das obras para o primeiro semestre de 2018.

“O lançamento da pedra fundamental da UFPR nos assegura que estamos no caminho certo. Honrando nosso compromisso com a educação, vamos construir e doar a faculdade de medicina porque acreditamos que nosso papel é contribuir com a formação das pessoas. Sempre quisemos fazer algo que beneficiasse a sociedade como um todo, e esta será a nossa oportunidade de deixar um legado na área da saúde para a região”, explicou Luiz Donaduzzi.

Considerado o maior complexo do Paraná, o Biopark é o primeiro voltado para área da Biociências. Contará também com hospitais, incubadoras, indústrias, áreas comerciais e de serviços, startups, espaços residenciais e esportivos. Para a área hospitalar, um dos centros a serem instalados no parque é o novo Hospital Bom Jesus, que tem como mantenedor a Associação Beneficente de Saúde do Oeste do Paraná (Hoesp).

Para contribuir um pouco mais para a saúde da região, o casal Donaduzzi também doou o terreno onde o hospital será construído e mais 200 leitos que atenderão inclusive pacientes do SUS, totalizando 500 leitos. O projeto foi apresentado ao ministro da Saúde Ricardo Barros durante o evento de lançamento.

O Parque Tecnológico e Científico de Biociências visa promover o desenvolvimento empresarial e tecnológico da região, incentivando a pesquisa e a inovação, proporcionando formação qualificada de profissionais e melhorias na estrutura da saúde. O complexo irá gerar cerca de 30 mil empregos, aumentar o fluxo de pessoas no município e potencializar a biociência na região.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro