São Paulo, SP, 18/06/2018
 
26/10/2015 - 14h35m

Bloco de válvulas ICF reduz risco de vazamento de amônia

Agência Hoje 
Reprodução
Risco de vazamento de amônia diminui em até 80%
Risco de vazamento de amônia diminui em até 80%

São Paulo - Cada vez mais as indústrias de processamento de alimentos investem em soluções focadas em segurança, redução da carga de amônia e de perdas em suas instalações.

A produtora de cortes suínos Cataby contou com o projeto e as instalações da SCE Engenharia para implementar um centro de distribuição de 4 mil metros quadrados dotado de sistema de refrigeração em amônia em Santa Bárbara D’Oeste, no interior de São Paulo.

A SCE recorreu a Danfoss, que propôs a instalação de blocos de válvulas ICFs, da linha Flexline. Com a adoção das soluções da Danfoss, houve redução de 15% na quantia de soldas e de 10% em horas de montagem, no mínimo, segundo Sérgio Santos, engenheiro da SCE.

Na planta da Cataby foram aplicados, além dos blocos de válvulas ICF, válvulas solenoides servo-operadas ICLX, de válvulas de bloqueio manuais, válvulas de controle ICS e outros instrumentos.

O bloco de válvulas ICF conta apenas com uma especificação, mas com múltiplas configurações. O corpo de válvula comum pode receber diversos módulos de função intercambiáveis, todos com tratamento contra corrosão. Desse modo, a aplicação de blocos de válvulas em substituição às opções convencionais proporciona agilidade na instalação, reduz significativamente o risco de vazamento, os custos de manutenção e o tempo de paradas.

“A adoção do bloco de válvulas ICF diminui significativamente o número de soldas de 12 para apenas duas por bloco instalado, o que reduz em até 80% o risco de vazamento de amônia”, explica Enri Tunkel, Gerente de Marketing LAM de Refrigeração Industrial da Danfoss. Todas as válvulas são projetadas para uma máxima pressão de trabalho de 52 bar e para operar eficientemente com amônia, CO2 e futuros refrigerantes de alta pressão.

Além das válvulas ICF, foram instaladas válvulas de bloqueio SVA, que seguem o mesmo conceito de flexibilidade, pois tem como elemento principal o corpo comum (angular ou reto) com cinco módulos de função: bloqueio, regulagem, bloqueio e retenção, filtro e retenção que se encaixam no mesmo corpo e possuem a mesma especificação, facilitando o projeto e a montagem do sistema.

Além de apresentar sistema de vedação que garante uma operação de abertura e fechamento segura e confiável, a válvula de bloqueio SVA conta com dispositivo de fixação do cone para limitar de forma eficaz a rotação do cone em caso de vibração do sistema, evitando assim o desgaste do conjunto do pistão.

“A válvula de bloqueio SVA com conexão SOC da Danfoss reduz o tempo de instalação em, no mínimo, 30%”, acrescenta Tunkel. O grande ganho no tempo de instalação se dá em função da utilização da conexão SOC, disponível nas válvulas de até 2”.

A conexão SOC facilita o processo de montagem e soldagem que, além de mais rápida, apresenta menor risco de vazamento. Além disso, há redução nos custos com material de solda e não há necessidade de inspeções com raio X ou ultrassom, bem como de testes com líquido penetrante. Outra característica importante da válvula de bloqueio SVA é a disponibilidade da haste estendida, ideal para sistemas isolados.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro