São Paulo, SP, 24/06/2019
 
19/07/2015 - 20h00m

Brasil segue em terceiro lugar nos Jogos Pan-Americanos com 30 medalhas de ouro

Agência Brasil/Marcelo Brandão 
Divulgação
Atletas brasileiros fazem bonito na canoagem nos Jogos de Toronto e levam medalhas de ouro e prata
Atletas brasileiros fazem bonito na canoagem nos Jogos de Toronto e levam medalhas de ouro e prata

Toronto, Canadá - O domingo (19), nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, foi de conquista de mais medalhas de ouro, prata e bronze para o Brasil. A canoagem foi um dos grandes destaques, com medalha de ouro para Ana Sátila, na canoagem slalom; prata para Pedro Henrique Gonçalves, no caiaque, e bronze para Felipe Borges, na canoa.

Mais cedo, o Brasil já tinha conquistado medalhas de prata e bronze na marcha atlética.

Medalhas também foram conquistadas em outros esportes. Na ginástica rítmica, prova de fitas por equipes, o Brasil foi ouro. A apresentação das brasileiras, ao som de Still Loving You, hit da banda Scorpions nos anos 80, garantiu o bicampeonato pan-americano. Na prova individual com arco, Angélica Kvieczynski conquistou o bronze.

Outra medalha de bronze veio no hipismo individual, com Ruy Fonseca. Na categoria Concurso Completo de Equitação, o time brasileiro garantiu a prata. O domingo também teve vitória tranquila da seleção brasileira de handebol masculino. O time verde e amarelo derrotou o Uruguai por 38 a 18 e se manteve na liderança do grupo A da competição, com quatro pontos conquistados.

No vôlei masculino, o Brasil perdeu para Cuba em um jogo muito disputado. Os brasileiros fizeram uma partida equilibrada, e conseguiram vencer o quarto set em uma virada eletrizante. No tie-break, porém, os erros no ataque, e o bloqueio cubano decretaram a derrota. O próximo desafio do Brasil será a Argentina.

Com os resultados até o momento, o Brasil soma 30 medalhas de ouro, 26 de prata e 40 de bronze, e se mantém no terceiro lugar no quadro geral de medalhas. O primeiro colocado é o Estados Unidos, com 57 ouros, e o Canadá o segundo, com 49 ouros.

THIAGO PEREIRA É O MAIOR MEDALHISTA NA HISTÓRIA DOS JOGOS

Toronto, Canadá (Agência Brasil/Iara Falcão, Correspondente) - O nadador Thiago Pereira se tornou sábado, 18, o campeão em número de medalhas em Jogos Pan-Americanos. Com uma prata na prova individual de 200m medley e um ouro conquistado na equipe de revezamento 4 x 100m, também medley, Thiago superou o recorde do ex-ginasta cubano Erick López, de 22 medalhas.

Ele, que chegou a Toronto com 18 medalhas – alcançadas nos jogos de Santo Domingo, em 2003; Rio de Janeiro, em 2007; e Guadalajara, em 2011 – conseguiu cinco no Pan do Canadá. Além das medalhas de sábado, Thiago foi ouro junto com a equipe nos revezamentos 4 x 100m e 4 x 200m livres, na terça-feira (14) e no dia seguinte (15), respectivamente; e bronze nos 200m costas, também na quarta-feira.

Ele teria conquistado ainda mais uma medalha – de ouro – na prova individual dos 400m medley, mas foi desclassificado por um erro na hora da virada do nado peito para o nado livre. Thiago não precisou nadar na prova de revezamento 4 x 100m, mas ganhou a medalha por ter participado das eliminatórias.

Em entrevista à imprensa, antes do início dos jogos, Thiago havia declarado que se alcançasse o recorde, a marca não seria só dele, mas sim, do Brasil. “É um atleta brasileiro alcançando isso, e no fim das contas é o nosso país tendo um recorde. Vai ser importante para todos nós às vésperas de uma Olimpíada em casa”, disse na ocasião.

Com a participação em Toronto finalizada, o atleta disputa, em agosto, o Mundial em Kazan, na Rússia.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro