São Paulo, SP, 18/06/2019
 
30/10/2014 - 17h21m

Brasileiras preferem esperam chegar aos 30 para ter o primeiro filho

Agência Brasil/Aline Leal 
Reprodução
Cada vez mais brasileiras esperam chegar aos 30 para ter primeiro filho.
Cada vez mais brasileiras esperam chegar aos 30 para ter primeiro filho.

Brasília - Sobe o número de brasileiras que cada vez mais esperam os 30 anos de idade, ou mais, para ser mãe pela primeira vez, como mostra o estudo Saúde Brasil, do Ministério da Saúde. O estudo constatou que quanto maior o grau de escolaridade, mais tarde as mulheres optam pelo primeiro parto.

Segundo o Saúde Brasil, o percentual de mães com primeiro filho na faixaa de 30 anos cresceu na última década, passando de 22,5%, em 2000, para 30,2%, em 2012. Já o número de mulheres com menos de 19 anos, que tiveram filhos, caiu de 23,5% para 19,3% no mesmo período.

Apesar do aumento na idade geral para o primeiro filho, as diferenças ligadas à escolaridade são grandes. Enquanto pouco mais de 45% das mulheres com 12 anos ou mais de estudos têm o primeiro filho depois dos 30 anos, mais da metade das que têm menos de sete anos de estudo têm o primeiro filho antes dos 20.

Os percentuais mais altos de mulheres que se tornam mães com 30 anos ou mais são nas regiões Sudeste e Sul, com 34,6% e 33,6%, respectivamente. No Centro-Oeste, a taxa cai para 28,8%, seguido-se o Nordeste com 26,1% e o Norte com 21,2%. Para o Ministério da Saúde, é um sinal de que as mulheres estão com mais acesso a anticoncepcionais, e podem planejar a vinda do primeiro filho, o que é uma tendência dos países desenvolvidos.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro