São Paulo, SP, 10/12/2018
 
13/07/2016 - 10h03m

Buscas por vítimas de acidente de trem continuam; caixas-pretas são encontradas

Agência Brasil/Agência Ansa 

Bari, Itália - Um dia depois do choque frontal entre dois trens que matou mais de 20 pessoas na região da Puglia, sul da Itália, continuam as buscas por possíveis vítimas do acidente ferroviário que chocou o país na terça-feira (12). As duas caixas-pretas já foram resgatadas e devem ser abertas nesta quarta-feira (13).

Segundo Clara Minerva, chefe da província de Barletta-Andria-Trani, onde ocorreu a tragédia, o deslocamento dos vagões revelou a existência de partes de corpos. "A esperança é que pertençam aos 23 corpos já encontrados", declarou.

Apesar de as autoridades italianas terem divulgado que 27 pessoas haviam morrido no acidente, até o momento apenas 23 foram achadas e levadas ao Hospital Policlínico de Bari, das quais 18 foram reconhecidas. O número de 27 se refere à quantidade de desaparecidos, mas eles só serão considerados vítimas após a identificação formal.

"Há estrangeiros entre os desaparecidos. Recebemos pedidos de notícias por parte da Embaixada da França", disse o prefeito de Corato, Massimo Mazzilli. Os parentes dos passageiros desaparecidos se dirigiram à Policlínica de Bari na manhã desta quarta-feira (13) para fazer o reconhecimento, em um clima de grande comoção.

"Ele estava voltando para casa, tinha ido encontrar uma amiga. Por enquanto eu estou aqui, não sei quando a mãe dele vai chegar, ela está devastada pela dor", disse um cunhado de Francesco Tedone, jovem de 19 anos morto no acidente. Outras pessoas pediam para os jornalistas se afastarem dos familiares.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro