Cadela ferida por explosivo passa por cirurgia em Campinas - Hoje São Paulo
São Paulo, SP, 20/08/2018
 
03/07/2012 - 18h02m

Cadela ferida por explosivo passa por cirurgia em Campinas

Folhapress 

A cadela Menina -que ficou gravemente ferida depois de morder um explosivo jogado na rua por um integrante da equipe do cantor Thiaguinho- passou por uma cirurgia hoje.

De acordo com a UPA (União Protetora do Animal), ONG de Campinas que tem cuidado da cachorra, foi realizada a reparação da região maxilar, que havia sido descolada com a explosão.

Agora, Menina deve continuar internada por dois ou três dias, antes de receber alta. A recuperação total, no entanto, só deve acontecer daqui a dois meses.

Ela está internada no Hospital Veterinário Eicke Bucholtz, em Campinas, que possui parceria com a ONG.

O acidente

O fato aconteceu na tarde do último sábado, em Campinas (93 km de SP).

Segundo a assessoria do cantor, o homem que jogou o artefato na rua já foi demitido. O homem, que não teve o nome divulgado, era da equipe técnica que saiu de van no início da tarde para preparar o show do cantor à noite em Sumaré (118 km de SP).

Testemunhas contaram à UPA que viram o explosivo ser jogado da van da equipe quando o veículo saía de um hotel da cidade. A cadela, de quatro anos, mordeu o artefato, que explodiu na sua boca.

"Quando cheguei ao local, ela estava com a boca totalmente ensanguentada e um olhar de pânico. Ninguém prestou qualquer auxílio", afirmou o representante da UPA, César Rocha.

Segundo ele, no hospital veterinário foi constatado que o animal teve diversos dentes arrancados com raiz, a mandíbula quebrada, queimaduras no céu da boca e na língua, que está totalmente preta, e sangramento pelo nariz e ouvidos, com indicativos de perfuração no tímpano.

Festa junina

Em nota, a assessoria do cantor Thiaguinho confirmou que integrantes da equipe técnica se envolveram em um acidente com uma cachorra.

"Um dos membros da equipe adquiriu um artefato explosivo na região com a intenção de comemorar o período de festas juninas, mas durante uma brincadeira infeliz e irresponsável o atirou pela janela da van", diz a nota.

Segundo a assessoria, o cantor se prontificou a prestar "todo suporte necessário" para a recuperação do animal e "pensa em adotar a cachorra, caso ela não tenha um dono".

A cadela não corre risco de morrer, mas segue em atendimento sob os cuidados da UPA.

Segundo o representante da instituição, ela é mascote de um ponto de táxi próximo ao local onde foi localizada.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro