São Paulo, SP, 18/08/2019
 
25/03/2014 - 12h31m

Calouro de medicina é vítima de trote violento no interior; Polícia investiga

Agência Brasil/Fernanda Cruz 

São Paulo - A polícia de São José do Rio Preto, interior de São Paulo, investiga agressões a um calouro de 22 anos durante trote na Faculdade de Medicina (Famerp). Segundo a Secretaria de Segurança Pública, o rapaz desmaiou após receber tapas e garrafadas na cabeça. Os veteranos teriam urinado sobre o jovem.

As agressões ocorreram há uma semana, por dois dias seguidos. Após comunicar à faculdade sobre o trote violento, o calouro passou a receber ligações com ameaças. O caso foi registrado na 1ª Central de Flagrantes da Delegacia Seccional de São José do Rio Preto e encaminhado ao 1º Distrito Policial.

A Famerp informou que abriu sindicância para apurar as agressões. Alunos foram ouvidos na manhã de hoje (25) pelo diretor da instituição, Dulcimar Donizeti de Souza. “Após a identificação dos responsáveis, a faculdade vai aplicar a punição de acordo com o regimento, que pode ser desde advertência até expulsão”, diz o comunicado.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro