São Paulo, SP, 11/12/2018
 
25/07/2015 - 13h15m

Características do papel de parede e seu uso na decoração

Agência Hoje/Arq. Sandra Vieira de Mello* 
Divulgação
Floral em azul, na Etna
Floral em azul, na Etna
  • Motivo com listras azuis, na Etna
  • Arabescos em tons bege, na Etna
  • Papel de parede da Stilo Arts
  • Onça cinza e preto, na Leroy Merlin
  • Floral bege e vermelho, na Leroy Merlin
  • Pois branco e lilás, na Leroy Merlin

São Paulo (Agência Hoje) - O papel de parede é uma opção de revestimento interessante para decorar as paredes de quase todos os ambientes, sejam eles residenciais ou comerciais.

As diversas padronagens, texturas, cores e estampas, se bem utilizadas, podem valorizar qualquer ambiente. Além disso, o papel permite usar a criatividade na escolha da aplicação, podendo tomar toda a superfície da parede, meia parede, apenas uma barra, rodameio (border) ou diversas outras composições.

A praticidade e a durabilidade desse revestimento também conquistam cada vez mais adeptos, pois ele chega a resistir por até 20 anos após a aplicação. Este é, inclusive, um motivo para que você escolha bem a padronagem do papel que deseja aplicar, para que não corra o risco de que se torne cansativo.

Tipos de papel de parede

Existem basicamente três tipos de papéis de parede:

PAPEL DE PAREDE TRADICIONAL

Feito de celulose (papel), possui aspecto liso e é adequado para aplicação em locais secos e de pouca circulação de pessoas. A superfície de aplicação deve estar regular e lisa. A aplicação deve ser feita com cola sobre o papel e a limpeza com pano úmido. A remoção deste tipo de papel deve ser feita após umedecido, para que se solte da parede mais facilmente.

PAPEL DE PAREDE VINÍLICO

Feito de PVC, este tipo de papel é mais resistente e impermeável, podendo ter o acabamento brihante, acetinado, metálico ou com relevo. Pode ser aplicado em locais secos ou úmidos, em superfícies que possuem pequenas imperfeições e em locais de maior circulação de pessoas. A limpeza pode ser feita com detergente e aceita ser esfregado com moderação. A aplicação é feita com cola sobre o papel e a remoção é por abrasão ou a seco.

PAPEL DE PAREDE DE TECIDO-NÃO-TECIDO (TNT)

Feito de fibras de poliéster e celulose, é relativamente resistente à umidade. Sua aparência imita tecido e pode ser aplicado em locais secos ou úmidos, podendo ser também em superfície irregular. É lavável com detergente e a aplicação é feita através de cola na parede. Sua remoção é a seco.

Apresentação

Os papéis de parede são vendidos em rolos, geralmente com 10 metros de comprimento por 53 com de largura, porém outras medidas também estão disponíveis. Convém consultar as especificações de cada fornecedor antes de calcular a quantidade de rolos que utilizará.

Calculo da quantidade de rolos

Para saber o número de rolos que utilizará é necessário medir a altura da parede (pé direito), multiplicar pela largura das paredes (metragem linear) e dividir por 4,5 (para papel liso ou listrado) ou por 4 (para papel estampado).

Aplicação

A aplicação do papel de parede é relativamente fácil e rápida, porém cada papel tem um modo diferente de instalação. Alguns são aplicados com a cola passada no papel, já em outros a cola vai direto na parede. A cola utilizada é a base de água e não deixa odores.

Existem alguns sites que explicam como fazer a aplicação de papel de parede e se você tem habilidade pode tentar fazer sozinho.

Vantagens

Diversidade de padronagens

Durabilidade

Facilidade de aplicação

A maioria é antialérgico

A cola é a base de água e não deixa cheiro

Muitos são anti-chamas

Desvantagens

No caso de necessitar remover algum trecho para qualquer reparo na parede, será difícil conseguir completar com a mesma tonalidade, pois o papel desbota com o tempo.

Complementos

O border é uma faixa decorativa normalmente utilizada para dividir horizontalmente a parede em duas. É vendido geralmente em rolos de 18 cm de largura e costuma ser aplicado a uma altura de 1,10 cm. Verifique se há interruptores ou tomadas nessa altura e certifique-se de que o acabamento nestes pontos ficará adequado.

Limpeza e Manutenção do Papel de Parede

A manutenção deve ser feita com um pano úmido e toda a sujeira deve ser limpa o quanto antes para evitar problemas permanentes. “Nos modelos laváveis pode passar uma esponja macia com detergente neutro e esfregar suavemente e depois passar um pano limpo e úmido. Assim ele estará sempre com a aparência de novo e dura muito mais”, conta Douglas Alves, sócio proprietário da Stilo Arts. Evite bater, puxar e molhar excessivamente.

Preços

Os rolos custam, em média, a partir de R$ 50 (os nacionais) até R$ 200 ou mais, no caso de importados vinilizados.

Dicas de aplicação

Para aplicação em locais secos, todos os papéis são aplicáveis.

Nos locais úmidos aplique apenas o papel de vinil.

Confira sempre os lotes de fabricação para que não haja diferenças de tonalidade entre os rolos de papel.

Certifique-se de que a superfície onde será aplicado o papel está lisa e livre de sujeira.

Parede pintada: é necessário apenas limpar a superfície retirando qualquer sujeira.

Parede que já possui papel de parede: retirar o antigo e deixar a superfície lisa e limpa novamente.

* Sandra Vieira de Mello, CAU A16373-2 é Arquiteta e Urbanista.

Contribuições para esta Editoria podem ser encaminhadas para o e-mail: hoje.sandra@gmail.com

LEIA TAMBÉM

 

 

 

Desafios, dificuldades e soluções para quem mora em condomínio

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro