São Paulo, SP, 18/06/2019
 
07/06/2012 - 14h37m

Carreta envolvida em acidente com 8 veículos, deixa 2 mortos e 3 feridos

Folhapress/Paulo Peixoto 

BELO HORIZONTE, MG (Folhapress) - Uma carreta que transportava bobinas de aço causou um acidente que envolveu ao menos sete carros na noite de ontem em uma avenida na região sul de Belo Horizonte. Duas mulheres morreram e outras três pessoas ficaram feridas -uma está em estado grave.

A carreta, de Guarulhos (SP), estava acima do peso permitido e não poderia trafegar no local, segundo a Polícia Civil.

O motorista, Jadson Santos Alves, 25, foi preso em flagrante e será indiciado sob suspeita de homicídio com dolo eventual (quando a pessoa assume o risco de matar), de acordo com a delegada Rosângela Pereira.

Por volta das 21h, a carreta perdeu o controle quando descia a avenida Nossa Senhora do Carmo, no bairro Sion. Depois de esbarrar em dois veículos, atravessou um cruzamento, e atingiu um Celta em que estavam duas pessoas. Uma morreu e outra ficou ferida com gravidade.

O caminhão tombou na avenida e avançou pela pista contrária e então atingiu em cheio um Gol. A motorista Márcia Bombonato de Oliveira, 56, morreu na hora.

Com o impacto da primeira batida, uma das bobinas, que juntas pesam 27 toneladas, saltou da carroceria e desceu cerca de 200 metros pela avenida, atingindo pelo menos mais três carros e causando ferimentos em mais duas pessoas. A bobina só parou em um posto de combustíveis.

Caroline Palmer Irffi, 23, que estava no Celta, também morreu. O estudante Lucas de Oliveira Magalhães, 26, que estava com ela, está internado no CTI do pronto-socorro do Hospital João 23. Outras duas pessoas feridas passam bem.

Habilitado há seis meses para dirigir a carreta que conduzia, o motorista disse ao Detran de Minas que perdeu o freio e por isso não conseguiu parar o veículo.

Segundo a polícia, ele disse que se perdeu na cidade e que procurava um local para retornar. Ele tentava encontrar o caminho para São Paulo.

Carretas como a que era conduzida por Alves são proibidas de trafegar na via em que aconteceu o acidente. A BHTrans, empresa que regula e fiscaliza o trânsito, disse que mantém placas de aviso e uma equipe das 7h às 20h no último retorno da avenida, a fim de alertar os motoristas em situação irregular.

O delegado Ramon Sandori disse que a carreta foi multada logo que saiu de Ipatinga (no vale do Aço) por excesso de peso e que só isso já justifica o indiciamento do motorista sob suspeita de homicídio.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro