São Paulo, SP, 21/09/2019
 
05/05/2014 - 22h06m

Central será mais ágil nas transferências de pacientes do SUS

Agência Hoje 
Diogo Moreira
Nova central online vai monitorar 350 leitos hospitalares e agilizar atendimento
Nova central online vai monitorar 350 leitos hospitalares e agilizar atendimento

São Paulo (Agência Hoje) - Unidade preparada para funcionar como central online começa esta semana a mapear vagas no SUS, para facilitar e agilizar a identificação e transferência de pacientes. A prioridade será para pacientes em tratamento de câncer, cardiopatias congênitas, dependentes químicos e pessoas que precisam de leitos em enfermarias.

O serviço foi inaugurado nesta segunda-feira, 5, e vai fazer o monitoramento de leitos disponíveis para internação no SUS (Sistema Único de Saúde). "Teremos uma ganho na velocidade do atendimento, o que é muito importante, porque economizar tempo faz muita diferença em casos de internação de pacientes graves", disse o governador Geraldo Alckmin.

A central de atendimento é monitorada pela Cross (Central de Regulação da Oferta de Serviços de Saúde), que recebeu, neste ano, aporte de R$ 3,2 milhões para aumento do espaço físico e do quadro de funcionários, o que possibilita a ampliação dos serviços oferecidos à população.

A Cross passa a ocupar, após a expansão, 1.400 metros quadrados em dois andares de um prédio localizado na região central da cidade de São Paulo. Agora, são 210 postos de atendimentos e 375 funcionários entre médicos, técnicos de regulação médica, além de profissionais de informática e atendentes, com atuação 24 horas, nos sete dias da semana.

"Isso possibilitará que a Cross atenda outros programas de saúde do Estado", informou o governador. A ampliação dos serviços permitirá que a Cross monitore 350 leitos especializados voltados aos pacientes encaminhados pelo Cratod (Centro de Referência em Álcool, Tabaco e outras Drogas), monitorar as vagas nas santas casas e hospitais filantrópicos.

Também ficará responsável pelos agendamentos de mamografias feitas pelo programa estadual "Mulheres de Peito", e pela marcação de check-ups médicos para homens nos AMEs (Ambulatórios Médicos de Especialidades), pelo programa "Filho que Ama Leva o Pai no AME".

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro