São Paulo, SP, 23/09/2019
 
21/06/2016 - 10h49m

Centro comercial é evacuado em Bruxelas após alerta de bomba

Agência Brasil/Agência Sputnik 
Reprodução/Twitter
Bombeiros e policiais em atuação no centro comercial que foi evacuado em Bruxelas, após ameaça de bomba
Bombeiros e policiais em atuação no centro comercial que foi evacuado em Bruxelas, após ameaça de bomba

Moscou - Um centro comercial de Bruxelas foi evacuado devido a uma ameaça de bomba, informou nesta terça-feira (21) a agência RTL. Um terrorista suspeito foi detido na sequência de uma ameaça de bomba em um prédio comercial localizado no centro de Bruxelas.

De acordo com o primeiro-ministro belga, Charles Michel, a situação é "muito séria", disse a agência. Ele chamou uma reunião de emergência.

A área do centro comercial City 2 está cercada pala polícia e os bombeiros ficam no local, de acordo com a emissora.

"Um homem foi detido esta manhã, às 5h30, pelo horário local (00h30 em Brasília). Suspeita-se que ele procurasse o local para instalar os explosivos. A equipe antibomba do Exército está verificando o local", afirmou o porta-voz da promotoria de Bruxelas, citado pela Reuters.

"Existe a ameaça porque a polícia foi informada de que um homem estava carregando um cinto de explosivos, que poderia ainda ficar nesse edifício", disse um repórter da RTL.

Em 22 de março de 2016, uma série de explosões ocorreu em Bruxelas, capital da Bélgica. Duas delas atingiram o aeroporto internacional de Zaventem e uma atingiu a estação de metrô de Maelbeek. A cidade foi praticamente paralisada, pois ficou quase sem transporte público.

Como resultado dos atentados no aeroporto, realizados pelos homens-bomba Ibrahim Bakraoui e Najim Laachraoui, morreram mais de 30 pessoas e mais de 170 ficaram feridas.

O terceiro homem-bomba, Mohamed Abrini, falhou em se explodir, fugiu, mas foi preso em abril.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro