São Paulo, SP, 18/06/2019
 
16/05/2012 - 10h42m

Cheia do rio Negro registra recorde histórico em Manaus e atinge 16 bairros

Folhapress/Kátia Brasil  

MANAUS, AM, (Folhapress) - O rio Negro, em Manaus, atingiu na manhã de hoje a marca de 29,78m, batendo o recorde da cheia história de 2009, quando foi registrado 29,77 m.

É a maior cheia em 110 anos, desde quando começou a ser feita a medição no porto de Manaus, em 1902.

Na capital amazonense, a enchente do rio Negro atinge 16 bairros, com inundações em casas e comércios. A situação, segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), é reflexo das fortes chuvas que ocorrem na região metropolitana de Manaus e, no extremo norte do Estado.

No centro de Manaus, as inundações causadas pela cheia do rio Negro atingem pontos turísticos, como o Relógio Municipal, o prédio da Alfândega, a Feira Manaus Moderna e a praia da Ponta Negra.

Parte das avenidas Eduardo Ribeiro e Sete de Setembro foram interditadas pela prefeitura. Casas de 18.500 pessoas foram inundadas pelas águas.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro