São Paulo, SP, 18/09/2019
 
16/05/2016 - 15h51m

Chuva atrasa colheita da cana no Centro-Sul, mas não deve comprometer oferta de álcool

Agência Brasil/Marli Moreira  

São Paulo - A produção de etanol nas usinas da região Centro-Sul aumentou 30,87% na segunda quinzena de abril sobre o mesmo período do ano passado, totalizando 1,492 milhão de toneladas. De acordo com a União da Indústria de Cana de Açúcar (Unica), a produção de açúcar foi 71% superior, com o processamento de 1,806 milhão de toneladas.

A Unica esclareceu que, em algumas localidades, houve atraso na colheita por causa do excesso de chuvas. Nos estados do Paraná e Mato Grosso do Sul, além das regiões paulistas próximo à divisa com estes estados ( Araçatuba e Assis), as chuvas prejudicaram a colheita, consequentemente afetaram as unidades produtoras voltadas para o etanol. Segundo a Unica, não fosse isso teria ocorrido um aumento de dois pontos percentuais.

Segundo a entidade, o volume de etanol hidratado destinado ao mercado interno nos últimos 15 dias de abril caiu 1,85% na comparação com a oferta da primeira quinzena. “Esse movimento se deve ao menor número de dias úteis na segunda quinzena de abril”, conforme o comunicado da Unica.

O balanço das atividades indicou que, proporcionalmente ao total moído (36,08 milhões de toneladas), houve queda na taxa destinada para produção do álcool em comparação a igual período de 2015, passando de 20,99% para 16,04%.

Com base em dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) , a entidade informou que, na última semana, o preço de bomba do etanol hidratado foi inferior a 70% do valor praticado para a gasolina na maioria (80%) dos municípios paulistas.

A nota da ANP destacou que essa vantagem econômica do etanol em relação ao seu substituto fóssil deve promover um aumento do consumo do biocombustível neste mês de maio.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro