São Paulo, SP, 23/10/2018
 
03/04/2018 - 13h35m

Cidades brasileiras nas fronteiras recebem autorização para abrir lojas "free shops"

Agência Apoio 

Brasília - Para incentivar o turismo de compras, as 30 cidades brasileiras consideradas “gêmeas” de cidades em países estrangeiros vizinhos poderão contar com “free shops”, estabelecimentos que vendem produtos livres de impostos aos turistas estrangeiros. A lei já entrou em vigor, após período de regulamentação.

"Esses estabelecimentos são importantes atrativos de visitantes estrangeiros e brasileiros que certamente poderão movimentar também as economias locais”, afirmou o ministro do Turismo, Marx Beltrão. A Receita Federal desenvolveu um sistema próprio para controle desses estabelecimentos, com normas mais avançadas do que nas lojas que já existem em portos e aeroportos.

Para o Ministério do Turismo, a atração de turistas também deverá ampliar a oferta de empregos em outros serviços e atrativos turísticos nas regiões “gêmeas” de estrangeiras. Entre essas cidades estão: Santana do Livramento (RS), Chuí (RS), Foz do Iguaçu (PR), Oiapoque (AP), Guajará-Mirim (RO) e Ponta Porã (MS).

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro