São Paulo, SP, 19/06/2019
 
23/12/2014 - 12h59m

Comemore o Natal sabendo mais sobre a história deste feriado

Agência Hoje  
Reprodução

São Paulo (Agência Hoje/Isabela Guiaro) - O Natal é um feriado religioso cristão, comemorado no dia 25 de dezembro nos países que seguem o calendário gregoriano, e no dia 7 de janeiro para os países eslavos e ortodoxos, que utilizam o calendário juliano.

A celebração do nascimento de Jesus começou em Roma em meados de 354, embora nos países cristãos orientais já tivessem comemorações no dia 6 de janeiro. A tradição de comemorar no dia 25 de janeiro foi levada para Antioquia e Alexandria antes da virada do próximo século.

Havia, ainda, festivais de celebração por parte de povos pagãos, como o Yule, que celebra a chegada do solstício de inverno nos países da Europa, e a Saturnália, que é uma comemoração com grandes banquetes e troca de presentes, tradição que acabou sendo incorporada ao Natal cristão.

Dies Natalis Solis Invicti

O festival que celebra o aniversário do Sol Invicto acontece no dia que se inicia o solstício, pois é neste dia que o Sol volta atrás em sua partida em direção ao o sul e prova ser "invencível”. Muitas leituras de cristãos ligaram o nascimento do Sol ao nascimento de Jesus.

Nascimento de Jesus

Representação do nascimento de Jesus em uma manjedoura, na cidade de Belém, na Palestina.

Na tradição do Cristianismo, o dia 25 de dezembro celebra o nascimento de Jesus Cristo. Segundo os evangelhos de Lucas e Mateus, o menino nasceu em Belém. Ele era filho de Maria, uma moça que permanecia virgem.

Segundo os relatos, a Maria e José viajaram de Nazaré, cidade onde moravam, para Belém para comparecer a um censo e Jesus nasceu durante a viagem numa manjedoura. O garoto foi proclamado salvador de todas as pessoas por anjos. Astrônomos seguiram uma estrela até Belém para levar presentes a Jesus, conhecido como o "rei dos judeus".

Três reis magos foram visitá-lo no local de nascimento, dando a ele presentes de ouro, incenso e mirra. O rei Herodes, vendo o menino como rival, ordenou o massacre de todos os garotos com menos de dois anos da cidade, mas a família de Jesus foi avisada por anjos e conseguiu escapar para o Egito e, depois que Herodes morreu, voltou para Nazaré.

Decoração

A decoração natalina tem, geralmente, elementos que lembram o inverno, principalmente envolvendo a neve (flocos, bonecos, enfeites cheios de neve artificial, entre outros) pois eles incorporam a tradição do norte do planeta, onde essa é a estação em que eles se encontram nesta época do ano.

Árvore de Natal: árvores coníferas, geralmente pinheiros, são usadas devido ao seu formato triangular, que lembra a Santíssima Trindade.

Pisca-pisca: as lâmpadas representam as estrelas.

Bolas de Natal: geralmente bem coloridas e decoradas, elas simbolizam os bons frutos

Ponteira: a decoração que fica na ponta de cima da árvore representa a estrela principal.

Presépio: representação do nascimento de Jesus em uma manjedoura.

Papai Noel

O Papai Noel é um personagem presente nas culturas ocidentais, responsável por levar presentes na noite de Natal às crianças que se comportaram durante o ano inteiro. Ele foi inspirado no São Nicolau, arcebispo de Mira na Turquia, no século IV. Nicolau costumava ajudar os necessitados anonimamente, colocando moedas em um saco e jogando pela chaminé de suas casas.

Sua associação ao Natal começou na Alemanha e originalmente era retratado como um homem rechonchudo, alegre e de barba branca trajando um casaco verde ou marrom. Em alguns países, ele usa a roupa de bispo. Devido a uma publicidade da Coca-Cola, o traje vermelho com gola, punho de manga e bainha da calça brancos, e cinto e botas de couro pretos se tornou popular.

Segundo a tradição, o Papai Noel mora no Pólo Norte e na noite de Natal ele entrega os presentes para todas as crianças do mundo em seu trenó guiado por renas. Nos países do norte da Europa, porém, sua residência é conhecida como sendo na Lapônia, na Finlândia, onde há um “escritório do Papai Noel”.

 

 

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro