São Paulo, SP, 17/09/2019
 
12/04/2014 - 08h11m

Compositor alemão Richard Strauss será lembrado pela orquestra do Theatro São Pedro

Agência Hoje* 
Divulgação
Maestro polonês Piotr Borkowski fará apresentação no Theatro São Paulo durante final de semana
Maestro polonês Piotr Borkowski fará apresentação no Theatro São Paulo durante final de semana

São Paulo (Agência Hoje) - A Orquestra do Theatro São Pedro vai apresentar neste fim de semana concerto em homenagem ao compositor alemão Richard Strauss. O maestro polonês Piotr Bordkowski, diretor artístico do Centro de Educação Artística da Gorzow Philharmonic Hall, é o convidado para a Série Oficial.

A Orquestra do Theatro São Pedro, corpo artístico do Governo do Estado, traz concerto da série oficial em homenagem ao compositor alemão Richard Strauss, no sábado (12) às 20h30 e domingo (13) às 17h. A apresentação conta com a participação especial do regente Piotr Borkowski, e os ingressos já estão à venda na bilheteria do Theatro São Pedro e pelo site Ingresso Rápido. Os preços são R$30 e R$15 meia-entrada.

O Concerto apresenta obras de Richard Strauss, considerado como um dos compositores mais importantes da primeira metade do século XX. No repertório Sexteto – abertura da ópera Capriccio, Suite da ópera Intermezzo e Morte e Transfiguração, todas peças de Strauss.

O Theatro São Pedro é um equipamento da Secretaria de Estado da Cultura, administrado pela Organização Social Instituto Pensarte. Mais informações no site www.theatrosaopedro.org.br.

SERVIÇO

12/4 e 13/4 – Concerto Série Oficial

Theatro São Pedro

HOMENAGEM A RICHARD STRAUSS

Piotr Borkowski | regente

12 de Abril (sábado) às 20h30

13 de Abril (domingo) às 17h

Endereço: Rua Dr. Albuquerque Lins, 207 São Paulo - Metrô Marechal Deodoro

Telefone (11) 3667.0499

636 lugares

Site: www.theatrosaopedro.org.br

Bilheteria do Theatro São Pedro

R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia)

Acesso pela Rua Barra Funda, 171 - São Paulo - Metrô Marechal Deodoro

Terça a domingo, das 9h às 22h.

Em dia de evento noturno, até o início do espetáculo.

Pelo Ingresso Rápido - Telefone (11) 4003.1212 / www.ingressorapido.com.br

Programa

Sexteto – abertura da ópera Capriccio, Op. 85

Suite da ópera Intermezzo, Op. 72

I Febre de Viagem e Cena da Valsa

II Sonhando ao lado do fogo

III Na mesa de jogo

IV Final feliz

Morte e Transfiguração), Op.24

Orquestra do Theatro São Pedro

Conjunto sinfônico especializado em ópera, formado por 54 instrumentistas. Criado no ano de 2010, por iniciativa da Secretaria de Estado da Cultura, atua neste que é um dos mais antigos teatros em atividade no país, o Theatro São Pedro.

Ao longo destes anos, a Orquestra apresentou espetáculos de grande repercussão, como as estreias brasileiras de O Barbeiro de Sevilha, de Giovanni Paisiello, e The Turn of the Screw, de Benjamin Britten, e as aclamadas montagens de L´Elisir D´Amore, de Gaetano Donizetti, e Werther, de Jules Massenet. Em 2013 estreou em sua primeira obra brasileira O menino e a liberdade.

Em seu curto período de existência, o grupo já recebeu talentosos artistas da música erudita brasileira, como Fernando Portari, Rosana Lamosa, Gabriella Pace, Gilberto Tinetti, Antônio Del Claro, Elisa Fukuda, Sônia Goulart, Roberto Tibiriçá, Carlos Moreno, Sílvio Viegas, Lutero Rodrigues, Luiz Fernando Malheiro, Roberto Duarte, entre outros, e estrelas internacionais, como Giuseppe Sabatini, Maria Bayo, Steven Mercurio, Maria Pia Piscitelli, Bruno Praticò, Nancy Herrera e Annick Massis.

Em 2012, a orquestra gravou um álbum em parceria com a pianista Karin Fernandes e recebeu, em 2011, o Prêmio Carlos Gomes na categoria Orquestras, pelo nível de qualidade alcançado em pouco tempo de atividade.

A Orquestra do Theatro São Pedro tem como regente titular Emiliano Patarra, um dos responsáveis por sua criação e também o diretor artístico do Theatro São Pedro.

PIOTR BORKOWSKI

Regente

Diplomado com voto máximo na classe de regência do Prof. Bogus³aw Madey na Academia Chopin de Varsóvia, onde posteriormente torna-se professor assistente, ali recebe o título de doutorado.

Continua seus estudos em Viena no Wienner Meisterkurse fur Musik, sob orientação de Hans Graf, bem como na Accademia Musicale Chigiana, de Siena, onde realiza cursos sob orientação de Myung Whun Chung e Ilya Musin. Recebe o diploma di mérito por sua participação no concurso internacional de regência Antonio Pedrotti, no Trento.

De 1991 a 1997, Piotr é diretor artístico da Feliks Nowowiejski Philharmonic Hall, de Olsztyn. Em 1994 é convidado a ser o professor visitante de regência da Keimyung University, em Taegu (Coréia do Sul), onde também começa sua colaboração com a Taegu Philharmonic Orchestra com quem, desde então, já realizou inúmeros concertos.

Entre 1996 e 2006 é professor da classe de regência da Taegu Hyosung Catholic University; e desde 2001 é professor na University of Suwon College of Music. É o fundador e diretor artístico do Kyeonggi Festival Orchestra, na Coréia do Sul.

Como regente convidado trabalhou na França, Itália, Alemanha, Suécia, Estados Unidos, Coréia do Sul, Tairan, China e Ucrânia, colaborando com a Filarmônica Nacional de Varsóvia, Sinfônica Nacional da Rádio Polonesa, em Katowice, Orquestra da Rádio Polonesa de Varsóvia, Capella Bydgostiensis, Camerata Vistula, Jeunesses Musicales Chamber Orchestra, Boston Symphony, Berliner Symphoniker, Sofia Symphony, Dniepropietrowska Filharmonia, Koszyce Janacek Philharmonic, KBS Orchestra, Bucheon Philharmonic, Suwon Philharmonic Orchestra e a Korean Chamber Orchestra, entre outras.

Fez numerosas gravações para a rádio, televisão e selos comerciais, como Polonia Records, Acte Prealable, DUX, NAXOS, Musica Sacra Edition. Estas gravações foram nominadas diversas vezes para o prêmio Fryderyk Phonographic Academy Award. Nos anos de 2006, 2008 e 2011 recebeu o prêmio na categoria de melhor álbum de música contemporânea e de gravação mais importante realizada na Polônia.

Desde 2010 é o diretor artístico do Centro de Educação Artística da Gorzow Philharmonic Hall e fundador/regente da Orquestra de Câmara da Gorzow Philharmonic.

* Com informações de Juliana Petroni, da Secretaria de Estado da Cultura

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro