Condenação - Hoje São Paulo
São Paulo, SP, 17/08/2018
 
06/12/2014 - 20h02m

Condenação

 

Boa parte da população de Cunha parou para apoiar a Justiça na condenação de Ananias dos Santos, autor confesso do assassinado das meninas Josely, de 15 anos, e Juliana, de 16 anos. O crime ocorreu em março de 2011.

Cunha é uma pacata estância climática, distante 225 quilômetros de São Paulo, onde vivem  22 mil habitantes famosos pela hospitalidade e por tratar bem os turistas que passam por lá.

A pedido do Ministério Público, o criminoso foi condenado a 42 anos de prisão por homicídio duplamente qualificado, com motivo fútil e sem possibilidade de defesa das vítimas.

A comoção social foi tanta que houve pedido de desaforamento do Júri e o Tribunal de Justiça optou por realizá-lo em São José dos Campos, no Vale do Paraíba. A juíza Beatriz Afonso Pascoal presidiu os trabalhos e o promotor Fábio Antonio Xavier de Moraes atuou pelo Ministério Público.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro