São Paulo, SP, 22/09/2019
 
20/01/2016 - 11h14m

Coração: Cardiômetro já registra mais de 10 mil mortes no Brasil

Portal EBC 
Agência Brasil
Classe médica aponta falta de conscientização e que são necessários mais cuidados
Classe médica aponta falta de conscientização e que são necessários mais cuidados

Brasília - O Cardiômetro da Sociedade Brasileira de Cardiologia já registra mais de 10 mil mortes no país por doenças do coração. Os dados são referentes a esses primeiros dias de 2016 e a classe médica aponta falta de conscientização e que são necessários mais cuidados com as doenças cardíacas.

O diretor da Sociedade Brasileira de Cardiologia explica que somente hoje, no Brasil, está ocorrendo em torno de mil mortes por dia.

"Esse número poderia ser menor, porque nos outros países esse número é bem abaixo disto. Nos países desenvolvidos, a tendência é não ter esse crescimento de mortes que tem no Brasil", comenta.

José Luiz Aziz diz que é necessário conscientizar as pessoas contra os fatores de risco. Ele cita como os principais fatores de risco a pressão alta, colesterol alto, cigarro, estresse, obesidade, diabetes e sedentarismo.

O diretor também faz um alerta quanto às doenças crônicas e assintomáticas.

Ele explica que o Cardiômetro é uma ferramenta adquirida pela Sociedade Brasileira de Cardiologia que computa quantas mortes estão ocorrendo no país inteiro em tempo real.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro