São Paulo, SP, 19/10/2019
 
27/07/2014 - 18h20m

Corinthians vence Palmeiras e fica em 2º no Brasileirão, 2 a 0

Agência Hoje 
Agência Corinthians/Divulgação/Daniel Augusto Jr
Petros faz segundo gol do Corinthians nos acréscimos e liquida fatura contra Palmeiras
Petros faz segundo gol do Corinthians nos acréscimos e liquida fatura contra Palmeiras

São Paulo (Agência Hoje) - Com gols de Guerrero e Petros, o Corinthians venceu o Palmeiras por 2 a 0, no primeiro clássico realizado em seu estádio, neste domingo, 27. A vitória leva a equipe do Parque São Jorge aos 23 pontos e ao segundo lugar do Campeonato Brasileiro, próximo do Cruzeiro que continua na liderança com 28.

A partida marcou a terceira vitória consecutiva do time treinado por Mano Menezes na Arena Corinthians e derruba de uma vez por todas a fantasia de que o time não iria se sair bem em seu próprio estádio. Elias participou dos dois gols. No primeiro, aos cinco minutos do segundo tempo, conseguiu passar a bola para Guerrero na grande área que se livrou da marcação e chutou.

No segundo gol, já nos acréscimos, Petros recebeu de Elias e chutou forte, o goleiro do Palmeiras defendeu parcialmente, a bola bateu na trave e nas costas de Fábio, morrendo na rede. Depois da saída não houve tempo para mais nada e o juiz da partida, Sandro Meira Ricci, pediu a bola e encerrou o jogo.

Tentativas de Gareca

O placar de 2 a 0 não refletiu o que foi a partida. Amarrado no primeiro tempo, com as duas defesas superando as tentativas dos atacantes, o jogo ficou equilibrado a maior parte do tempo. O Palmeiras sentiu o gol marcado pelo Corinthians no início do segundo tempo e precisou de 10 a 15 minutos para se recompor.

O técnico palmeirense, Ricardo Gareca, fez mudanças e exigiu que o time fosse mais ofensivo, explorando a velocidade pelas pontas, mas a marcação dos jogadores do Corinthians levou a melhor. O excesso de passes errados no meio do campo  também dificultou as ações e diminuiu o poder ofensivo do Palmeiras.

Ricardo Gareca fez mudanças, pediu bola no chão, de pé em pé, e apostou em jogadas ofensivas que tinham sido treinados durante a semana, O Palmeiras melhorou no segundo tempo, destacando-se o trabalho de Mouche, mas não foi suficiente para chegar ao empate. Nos acréscimos, o gol de Petros acabou com as pretensões do Verdão e selou o resultado final. 

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro