São Paulo, SP, 06/12/2019
 
04/12/2016 - 19h54m

Corpo de Ferreira Gullar é velado no saguão da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro

Agência Brasil/Nielmar de Oliveira 

Rio de Janeiro - O corpo de acadêmico, poeta e teatrólogo Ferreira Gullar está sendo velado desde as 17h no saguão da Biblioteca Nacional, na Avenida Rio Branco, no Centro do Rio. Gullar morreu hoje (4) aos 86 anos, às 10h, na UTI do Hospital Copa D'Or, no bairro de Copacabana, Rio de Janeiro. Ele estava internado havia 20 dias, vítima de pneumonia.

O velório continuará amanhã (5), a partir das 9h, na Academia Brasileira de Letras (ABL), de onde o corpo sairá por volta das 15 horas, para o mausoléu da ABL, no Cemitério São João Batista, no bairro de Botafogo.

Ferreira Gullar deixa dois filhos, Luciana e Paulo, oito netos, e a companheira Cláudia, com quem vivia atualmente. Seu último livro foi Autobiografia Poética e Outros Textos, lançado este ano pela Editora Autêntica.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro