São Paulo, SP, 18/08/2019
 
25/05/2012 - 05h26m

Corpo esquartejado de mulher jovem é encontrado em duas malas em Bragança Paulista

Agência Hoje/Redação/Com informações de Suelem Oliveira 

O corpo esquartejado de uma mulher branca e jovem, com uma cicatriz na testa, foi encontrado em duas malas, ontem (24) pela manhã no Lago do Orfeu, no Jardim Europa, em Bragança Paulista, a 90 quilômetros de São Paulo. A Polícia esteve no local, fez a retirada e encaminhou para perícia.

O resultado preliminar da perícia deverá ficar pronto hoje (25), provavelmente com a identificação da mulher. O corpo foi encontrado por uma mulher que fazia caminhada nas margens do Lago do Orfeu. Ela viu um volume estranho boiando e pediu a um funcionário da Prefeitura que fosse olhar de perto.

Para surpresa de ambos, era uma mala e tinha no seu interior partes de um corpo. A Polícia Militar foi chamada e identificou duas pernas, dois braços e a cabeça de uma pessoa. Os bombeiros fizeram buscas no local e localizaram uma segunda mala, desta vez com o tronco da pessoa e peças íntimas femininas.

Segundo a Polícia, pelo estado de decomposição do corpo a vítima foi morta há uma semana, esquartejada, colocada nas duas malas e jogada no lago. Os membros e restos mortais foram encaminhados para o IML (Instituto Médico Legal) de Bragança Paulista e o delegado que apura o caso aguarda o laudo da autopsia.

Com o laudo a Polícia espera identificar a vítima e chegar ao autor do crime. Em declarações à imprensa, os policiais disseram que a primeira impressão é de uma mulher branca, com idade entre 20 e 25 anos, com uma cicatriz na testa.

O bairro Jardim Europa, onde fica o Lago do Orfeu, é de classe média e não tem registro de problemas de segurança. Distante cerca de 1.500 metros dos prédios da Delegacia Geral de Polícia e da Prefeitura de Bragança Paulista, moradores das proximidades costumam fazer caminhadas pela manhã e à tarde e até agora não tinham relatado nenhuma anormalidade.

A população da cidade de 150 mil habitantes, a 90 quilômetros de São Paulo e a 31 da divisa de Minas Gerais, está chocada com o corpo encontrado. Centenas de pessoas foram até o lago, ontem, para acompanhar as buscas do Corpo de Bombeiros.

A área foi isolada e policiais acreditam que no decorrer do dia os peritos do IML devem revelar mais detalhes sobre o corpo esquartejado e levar a sua identificação. Segundo a Polícia, a partir da confirmação da identidade da vítima, com suas características e estilo de vida, será possível chegar ao autor do crime.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro