São Paulo, SP, 17/09/2019
 
23/10/2014 - 22h18m

Datafolha coloca Dilma com 48% dos votos; Aécio promete repetir a virada do 1º turno

Agência Hoje 
Arquivo
Há três dias das eleições, Dilma fica seis pontos na frente de Aécio na pesquisa do Datafolha
Há três dias das eleições, Dilma fica seis pontos na frente de Aécio na pesquisa do Datafolha

São Paulo (Agência Hoje) - Divulgada na noite desta quinta-feira, 23, na edição do Jornal Nacional, a pesquisa Datafolha apontou Dilma com 48% das intenções de voto e Aécio com 42%. Os seis pontos de diferença colocam a candidata do PT pela primeira vez na liderança do segundo turno fora da margem de erro.

Ao conversar com seguidores no Rio de Janeiro, onde passou o dia, Dilma Rousseff considerou que o resultado dos últimos levantamentos sobre as intenções de voto mostra a vontade do povo brasileiro de continuar dando um voto de confiança ao seu Governo. "É um reconhecimento do que estamos fazendo pelo país e pelas pessoas".

Aécio Neves também ficou no Rio de Janeiro nesta quinta-feira, 23, e segundo seus assessores, além de encontrar amigos e lideranças que o apoiam, estudou temas novos que serão abordados no debate de sexta-feira, 24, na Rede Globo. Sobre as pesquisas, ele assegurou que vai vencer as eleições no domingo.

"Eu vejo as pesquisas como um estímulo aos nossos companheiros e companheiras que querem mudar. Fiquem alertas e atentos porque temos todas as chances de ganhar. Mas eu não paro para avaliar pesquisas. Quero reafirmar que, assim como eu cheguei no segundo turno, no domingo que vem, vamos vencer as eleições e escrever uma nova página na história do Brasil”.

Muitos Indecisos

A pesquisa também indicou que ainda há um grande número de eleitores indecisos, considerando que faltam apenas três dias para as eleições. De acordo com o Datafolha, votos brancos e nulos somam 5%, enquanto outros 5% não decidiram em quem vão votar no segundo turno. Esse contingente deverá ser decisivo no próximo domingo, 26.

No levantamento dos votos válidos (excluindo-se os brancos, nulos e indecisos), Dilma tem 53% e Aécio, 47%. A pesquisa foi contratada pelo jornal Folha de S.Paulo e pela TV Globo. Na pesquisa anterior, Dilma tinha 47% e Aécio, 43% dos votos totais.

A pesquisa Datafolha ouviu 9.910 eleitores na quarta-feira (22) e na quinta-feira (23). A margem de erro é dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01162/2014.

Nível Baixo

O candidato do PSDB voltou a criticar o nível da campanha do PT, com as ações de "desconstrução" de pessoas honradas, citando como exemplos os ataques a Eduardo Campos, a Marina Silva e agora a ele próprio. "Desesperado, o PT atira para todos os lados na tentativa de se manter no poder a todo custo, mas o povo brasileiro entendeu que é hora de mudança, é hora de acabar com a corrupção e a incompetência administrativa".

Sobre as pesquisas, o candidato lembrou que o que se viu no primeiro turno foi uma distância muito grande entre a vontade do eleitor e o que as pesquisas manifestavam.

Aécio mostrou-se inconformado com o nível político da campanha. “No futuro, essa campanha será tida como a de mais baixo nível de todas as que tivemos desde a redemocratização. A campanha conduzida por nossos adversários é a mais sórdida e mentirosa de todas. Hoje mesmo estão sendo presas pessoas com boletins falsos, com infâmias, com acusações levianas em relação a mim, à minha família."

De acordo com o candidato, hoje mesmo surgiram denúncias sobre mensagens de telemarketing assustando e aterrorizando pessoas beneficiadas pelo Programa Bolsa Família. "Quem age de forma tão sórdida como essa, não está preparado para a democracia e teme o resultado das eleições”, afirmou Aécio.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro