São Paulo, SP, 23/09/2019
 
25/10/2014 - 19h18m

Datafolha diz que Dilma alcança 52% e para de crescer. Aécio sobe e chega a empate técnico

Agência Hoje 
Agência Hoje/Arquivo
Funcionários do TRE preparam equipamentos para receber votos, enquanto últimas pesquisas indicam empate técnico
Funcionários do TRE preparam equipamentos para receber votos, enquanto últimas pesquisas indicam empate técnico

São Paulo (Agência Hoje) - Na última pesquisa, divulgada neste sábado, 25, pelo Datafolha, a candidata Dilma Rousseff, do PT, chegou a 52%, enquanto Aécio Neves, do PSDB, subiu dois pontos e se aproximou novamente, com 48%. Os novos números configuram empate técnico e criam um quadro de grande expectativa para as eleições deste domingo, 26.

O detalhe é que o Datafolha identificou que Dilma depois de subir seis pontos em uma semana, parou de crescer, enquanto Aécio subiu dois pontos e dá mostras de se recuperar, alcançando o empate técnico no segundo turno. O candidato tucano aumentou a diferença favorável nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste e diminuiu no Norte e Nordeste.

"A eleição para presidente da República em 2014 permanece indefinida", comentou um parlamentar do PSB que acompanha de perto as pesquisas realizadas diariamente por cinco institutos, entre eles Datafolha, Ibope e Sensus. "Tanto pode ganhar a Dilma, quanto o Aécio. Pelo que vemos nas últimas horas, a Dilma parou de crescer e o Aécio apresenta crescimento pequeno, mas contínuo".

A queda de 1% nas intenções de voto em Dilma e o crescimento, também de 1%, nas preferências por Aécio, estão sendo creditadas ao resultado do debate de sexta-feira, 24, transmitido pela Rede Globo para todo Brasil e que alcançou mais de 30 milhões de pessoas. De acordo com analistas políticos, o candidato do PSDB foi mais eficiente na conquista dos indecisos, deixando Dilma constrangida ao citar casos de corrupção no Governo e passando propostas concretas.  

Empate Técnico

A pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (25) mostra a candidata do PT à reeleição, Dilma Rousseff, com 52% das intenções de votos, e Aécio Neves, do PSDB, com 48%, considerando os votos válidos (excluindo-se os brancos, nulos e indecisos), a mesma forma como o TSE totaliza os resultados.

Como o levantamento tem margem de erro de dois pontos percentuais, os dois candidatos estão empatados tecnicamente no limite da margem de erro, segundo o Datafolha. Na pesquisa anterior, divulgada na última quinta-feira (23), Dilma tinha 53% e Aécio, 47% dos votos válidos.

Considerando os votos totais, Dilma tem 47% das intenções de voto (eram 48% na pesquisa anterior) e Aécio tem 43% (tinha 42%). Votos brancos e nulos somam 5%. Além disso, 5% dos eleitores não sabem ou não responderam.

Contratada pelo jornal Folha de S.Paulo e pela TV Globo, a pesquisa Datafolha ouviu 19.318 eleitores ontem (24) e neste sábado (25) em 400 municípios brasileiros. O nível de confiança do levantamento é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01210/2014.

Despedida dos Candidatos

O último ato de campanha de Dilma Rousseff foi uma caminhada na tarde deste sábado no centro de Porto Alegre. Ao lado de centenas de militanres, a candidata do PT desfilou em carro aberto, sempre acompanhada do candidato à reeleição ao Governo do Rio Grande do Sul, Tarso Genro.

Aécio Neves, por sua vez, preferiu despedir-se da campanha em São João Del Rei, cidade do interior de Minas Gerais, onde visitou o túmulo do seu avô paterno, o ex-presidente Tancredo Neves. Acompanhado da esposa e dos dois filhos bebês, ele agradeceu o apoio recebido de eleitores, pediu o voto de todos e a continuação da luta.

Em Brasília, o presidente do TSE, Dias Toffoli, disse que os resultados das eleições para governador serão conhecidas por volta das 20h, mas o de presidente da República dependerão das totalizações no Estado do Acre e em 16 municípios do Amazonas, onde o horário de verão provoca uma diferença de três horas em relação a Brasília.

Os resultados, segundo ele, dependem de vários fatores. "Ninguém sabe. Só Deus sabe a hora que estará no computador somado. Vão estar todos ali no telão", disse o presidente do Tribunal Superior Eleitoral.

Para especialistas em tecnologia, contudo, as contagens de votos nos 25 Estados e no Distrito Federal serão suficientes para definir o vencedor das eleições. O Acre e os municípios do Amazonas que apresentam três horas de atraso em relação ao horário brasileiro de verão tem número limitado de eleitores e não devem alterar o quadro geral dos resultados.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro