São Paulo, SP, 19/11/2019
 
27/01/2016 - 13h45m

Descubra as causas das varizes e confira dicas para evitá-las

Portal EBC 
Agência Brasil/Arquivo
Varizes são vasos dilatados, tortuosos, que acabam não funcionando de forma adequada
Varizes são vasos dilatados, tortuosos, que acabam não funcionando de forma adequada

Brasília - As varizes são vasos dilatados, tortuosos, que acabam não funcionando de forma adequada, na condução do sangue das extremidades até o coração, causando dor, incomodo e inchaço, além de outros sintomas, e normalmente, aparece nos membros inferiores.

O especialista em angiologia, cirurgia vascular e flebologia estética, Daniel Alexandrino, explica as causas das varizes e dá dicas de como desacelerar a evolução da doença varicosa, como a importância do exercício físico para esse processo.

Ele explica que as causas da doença varicosa têm um fundo genético muito importante, como a transmissão genética de pai para filho, além disso outros fatores podem causar a doença, como o trabalho na posição em pé ou sentado por tempo prolongado, propicia também a dilatação desses vasos, fazendo com que a drenagem do sangue das pernas se torne deficiente provocando sensação de peso, cansaço, queimação, coceira, inchaço, úlceras e dor.

Sendo assim, o angiologista deu uma dica importante: “o exercício físico é muito importante para desacelerar a evolução da doença varicosa. O fortalecimento da musculatura das pernas faz com que haja uma contração da musculatura com mais facilidade, comprimindo esses vasos, evitando que venham dilatar, facilitando a drenagem do sangue das pernas, evitando o acúmulo de sangue nelas, e com isso o inchaço, as dores e toda a sintomatologia que aparece na doença varicosa”.

A prática esportiva é importante, pois além de melhorar o condicionamento físico dos membros inferiores, ela controla e diminui o peso, um outro fator prejudicial, que ajuda no desenvolvimento da doença, afirma.

Daniel Alexandrino ressalta que o exercício físico deve ser realizado pelo menos três vezes por semana, com 40 minutos diários e deve-se escolher exercícios que não causem impacto nos membros inferiores.

O médico ainda alerta: “as varizes não são apenas um problema estético, e pode sim causar várias consequências, entre elas, inchaços, dores nos membros inferiores, varicorragia (sangramento de varizes), trombose superficiais e tardiamente, passar para um quadro de insuficiência venosa crônica (lesões ou úlceras crônicas)”.

Sendo assim, a doença varicosa não deve ser banalizada, e o paciente deve procurar um especialista ou um cirurgião vascular, para que seja devidamente orientado.

O tratamento pode ser clínico ou cirúrgico, de acordo com a avaliação profissional.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro