Detidos durante protestos em São Paulo foram dispensados sem pagar fiança - Hoje São Paulo
São Paulo, SP, 17/08/2018
 
02/08/2013 - 12h49m

Detidos durante protestos em São Paulo foram dispensados sem pagar fiança

Agência Brasil/Camila Maciel 

São Paulo - Treze pessoas detidas durante o protesto de ontem (1) na capital paulista foram liberadas na manhã de hoje (2), informou a Secretaria de Segurança Pública (SSP). Eles passaram a noite no 78º Distrito Policial (DP), no bairro Jardins, prestaram depoimento e foram dispensados sem precisar pagar fiança. A secretaria não informou os motivos das prisões.

A manifestação foi marcada pelas redes sociais e reuniu, segundo a Polícia Militar, cerca de 300 pessoas. Eles saíram em caminhada do Viaduto do Chá, em frente à sede da prefeitura de São Paulo, e seguiram pela Avenida 23 de Maio, pela Avenida Brigadeiro Luiz Antônio, antes de chegar à Avenida Paulista. Esta foi a terceira manifestação na capital em protesto contra o desaparecimento do pedreiro Amarildo de Souza no Rio de Janeiro, contra o governador Geraldo Alckmin e pedindo a desmilitarização da polícia.

Durante o trajeto na Avenida Paulista, os manifestantes tentaram avançar sobre agências bancárias e deram gritos em favor da depredação. Nos dois primeiros atos promovidos em solidariedade ao movimento carioca, que pede explicações no caso do desaparecimento do pedreiro, agências bancárias e estabelecimentos comerciais também foram atacados.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro