São Paulo, SP, 17/09/2019
 
27/06/2014 - 03h39m

Dicas de fim de semana têm muitas atrações para crianças e adultos

Agência Hoje 
Divulgação
Sesc Pinheiros, próximo a Estação Faria Lima, tem boas oficinas e muitas brincadeiras para crianças no fim de semana
Sesc Pinheiros, próximo a Estação Faria Lima, tem boas oficinas e muitas brincadeiras para crianças no fim de semana

São Paulo (Agência Hoje) - A cidade está oferecendo várias atrações culturais para o fim de semana de temperatura mais fria. Há boas opções para crianças e adultos no Sesc Pinheiros, Centro Cultural Fiesp, Galeria Pilar, Oficina Cultural Oswald de Andrade e no Sesc Belenzinho, todos locais próximos de estações do Metrô.

A chegada do inverno também incentiva as famílias a procurar eventos culturais, como exposições, museus, peças teatrais, cinema, música e outros espetáculos e no momento existem muitas alternativas disponíveis, com entrada gratuita ou preços atraentes.

 Como novidade, há um grande número de artistas Influenciados pela Copa do Mundo e que se dedica ao tema futebol. O que eles fazem têm resultado em elogios e aplausos de crianças, jovens e adultos.

Veja as melhores opções da semana, todas próximas de estações do Metrô:

ESTAÇÃO FARIA LIMA

Nem só de jogos na TV se faz uma Copa do Mundo. Na unidade do Sesc de Pinheiros, além de curtir as disputas do Mundial, a garotada pode participar de oficinas relacionadas ao tema. No sábado (28), das 16 às 18 horas, a Federação Paulista de Futebol de Mesa promove um campeonato para crianças e adultos.

No domingo (29), a oficina de fâmulas é opção para aqueles que gostam de decorar. Na atividade, a criançada aprende a fazer os tradicionais escudos que os capitães de cada seleção trocam no comecinho dos jogos. Recomendado para crianças a partir de 7 anos. Grátis. O Sesc Pinheiros fica na Rua Paes Leme, 195, próximo à Estação Faria Lima. O telefone é (11) 3095-9400.

ESTAÇÃO TRIANON-MASP

Uma nova mostra interativa toma toda a parte externa do edifício Fiesp, na Avenida Paulista. A exposição explora temas contemporâneos e discute a relação das pessoas com o universo digital. Selfie-São-Paulo cria, na fachada do prédio, um mosaico de autorretratos feitos com câmeras de telefone celular e muito populares nas redes sociais.

Segunda a domingo, das 20h às 6h. Grátis. Até 7 de julho. O Centro Cultural Fiesp fica na Avenida Paulista, 1313, próximo à Estação Trianon-Masp. O telefone é (11) 3146-7405.

ESTAÇÃO SANTA CECÍLIA

A Galeria Pilar expõe telas produzidas nos últimos dois anos pelo artista paulistano Antonio Malta. Em seu trabalho mais recente, formas geométricas de cores vibrantes criam as composições quase sempre abstratas. Terça a sexta, das 11h às 19h; sábado, das 11h às 17h. Até 9 de agosto. Visitação gratuita. A Galeria Pilar fica na Rua Barão de Tatuí, 389, próxima à Estação Santa Cecília. O telefone é (11) 3661-7119.

ESTAÇÃO TIRADENTES

Cais ou Da Indiferença das Embarcações, uma montagem da Velha Companhia, está de volta ao palcos paulistas. No fim da década de 20, a garotinha Magnólia (Tatiana de Marca) conhece um rapaz crescido (o ator Marcelo Marothy), e os dois se apaixonam. A Revolução de 30 e o Estado Novo afastam a possibilidade de um reencontro, e ela se casa com outro.

Quem traz essa história à tona — e suas consequências trágicas — é o ator Walter Portella, na pele de um narrador que representa um barco. Efeitos especiais ou recursos sofisticados são dispensados. Em cena estão dois músicos e doze atores, entre eles entre eles Alejandra Sampaio, Marcelo Diaz, Marcelo Laham, Maurício de Barros, Virgínia Buckowski, Patrícia Gordo e o autor e também diretor (180 min, com intervalo). 14 anos.

Segunda, terça, sexta e sábado, às 19h. Grátis. Ingressos distribuídos meia hora antes. Até 11 de agosto. Na Oficina Cultural Oswald de Andrade (50 lugares), que fica na Rua Três Rios, 363, próxima à Estação Tiradentes. O telefone é (11) 3221-4704.

ESTAÇÃO REPÚBLICA

Com direção e dramaturgia de Silvana Garcia, o drama Não Vejo Moscou da Janela do Meu Quarto busca inspiração em obras do escritor argentino Julio Cortázar (1914-1984) e do autor russo Anton Tchecov (1860-1904). A trama ambientada na década de 50 é centrada em três irmãos que não conseguem sair de casa para realizar seus sonhos.

Com Maria Tuca Fanchin, Sol Faganello e Leonardo Devitto (70 min). 14 anos. Sábado, às 21h; domingo, às 20h. R$ 20,00. A bilheteria abre uma hora antes. Até 27 de julho. Na SP Escola de Teatro – Sede Roosevelt (40 lugares), que fica na Praça Franklin Roosevelt, 210, próxima à Estação República. O telefone é (11) 3775-8600.

ESTAÇÃO BELÉM

Nome fundamental da atual cena do rap paulistano, Projota ganhou projeção por suas participações em batalhas de improviso e pela parceria com Emicida e Rashid no projeto Os Três Temores.

Junto ao DJ Zala, mostra Mulher, Foco na Missão e Projota Vai Tocar, do último trabalho, Muita Luz (2013), além de Pode Se Envolver, Desci a Ladeira, Deixa Rolar e Chuva de Novembro. 18 anos. Sexta (27), às 21h30. R$ 20,00. No Teatro do Sesc Belenzinho (392 lugares), que fica na Rua Padre Adelino, 1000, próximo à Estação Belém. O telefone é (11) 2076-9700.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro