São Paulo, SP, 29/01/2022
 
04/03/2015 - 10h25m

Dirigentes da Standard & Poor's se reúnem com autoridades da área econômica em Brasília

Agência Brasil/Daniel Lima  
Reprodução
Dirigentes da Standard & Poor´s farão reunião com autoridades da área econômica
Dirigentes da Standard & Poor´s farão reunião com autoridades da área econômica

Brasília - Depois do rebaixamento da nota da Petrobras pela agência internacional de classificação de risco Moody´s, as atenções se voltam  para a visita que dirigentes da Standard & Poor´s fazem a autoridades da área econômica em Brasília.

Nesta quarta-feira (4), pela manhã, no Ministério da Fazenda, os representantes da agência de classificação de risco se reúnem com os secretários de Assuntos Internacionais, Luis Antonio Balduino Carneiro e de Política Econômica, Afonso Arinos Mello de Franco Neto. À tarde, o encontro é com os secretários do Tesouro Nacional, Marcelo Barbosa Saintive e o da Receita Federal, Jorge Rachid.

No último dia 21, a agência de classificação de risco Moody's rebaixou a nota da Petrobras da Baa3 para Ba2. Com isso, a estatal perdeu o grau de investimento e passou para o grau especulativo. O rebaixamento sinaliza que - investir na petrolífera brasileira - passou a ser uma operação mais arriscada. A Standard & Poor´s está entre as três maiores agências internacional de classificação de risco. As outras duas são a Fitch e a Moody´s.

O rating (classificação) é a nota dada por essas instituições especializadas em análise de crédito, chamadas agências classificadoras de risco. Essas agências avaliam a capacidade e a disposição do emissor de um título em honrar, pontual e integralmente, os pagamentos de sua dívida. O rating é um indicador relevante para os investidores, uma vez que fornece sinalização a respeito do risco de crédito da dívida de uma empresa ou país analisado.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro