São Paulo, SP, 17/11/2019
 
25/07/2016 - 10h27m

Dívida Pública Federal sobe 2,77% em junho e chega a R$ 2,958 trilhões, aponta Tesouro

Agência Brasil/Daniel Lima  

Brasília - A Dívida Pública Federal (DPF) apresentou aumento, em termos nominais, de 2,77%, em junho na comparação com maio, ao passar de R$ 2,878 trilhões para R$ 2,958 trilhões. Os dados, que incluem o endividamento interno e externo, foram divulgados nesta segunda-feira (25) pelo Tesouro Nacional.

O endividamento do Tesouro pode ocorrer por meio da oferta de títulos públicos em leilões, pela internet (Tesouro Direto) ou pela emissão direta. Outro fator de elevação pode ocorrer em razão da assinatura de contratos de empréstimo. Em junho, as emissões da DPF corresponderam a R$ 64,18 bilhões, enquanto os resgates alcançaram R$ 3,07 bilhões, resultando em emissão líquida de R$ 61,11 bilhões.

"Foi a maior emissão líquida desde junho de 2015", informou o coordenador-geral de Operações da Dívida Pública, do Tesouro Nacional, Leandro Secunho.

A Dívida Pública Mobiliária Federal interna (Dpmfi) teve o estoque ampliado em 3,41% ao passar de R$ 2,744 trilhões para R$ 2,837 trilhões. A Dpmfi é a dívida pública federal interna em circulação no mercado nacional.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro