São Paulo, SP, 22/09/2019
 
13/08/2014 - 13h14m

Eduardo Campos do PSB, morre em Santos em acidente de avião

Agência Hoje 
Agência Hoje/Arquivo
Eduardo Campos, candidato à presidente da República, morreu em acidente aéreo no litoral de São Paulo
Eduardo Campos, candidato à presidente da República, morreu em acidente aéreo no litoral de São Paulo

Santos, São Paulo (Agência Hoje/Atualização) - A mulher de Eduardo Campos, Renata Campos, e o filho do casal não estavam no avião que caiu em Santos na manhã desta quarta-feira, 13, como alguns amigos do casal imaginavam. Os dois foram encontrados em casa, no Recife, juntamente com outros familiares.

Santos, São Paulo (Agência Hoje) - O candidato a presidente da República, Eduardo Campos, morreu por volta das 10h de hoje, 13, em um acidente aéreo próximo ao aeroporto do Guarujá, a 90 quilômetros de São Paulo. De acordo com o deputado federal Júlio Delgado, do PSB, oito pessoas estavam no avião e não há sobreviventes.

Marina Silva, candidata a vice-presidente, não estava no voo. A aeronave tentou pousar no aeroporto do Guarujá, mas o piloto teve dificuldades devido ao mau tempo e arremeteu antes de tocar o solo. Em seguida, perdeu o controle e caiu em uma rua residencial na cidade vizinha de Santos.

O deputado Julio Delgado deixou o Conselho de Ética emocionado e disse que falou com o presidente do PSB de São Paulo, Marcio França, que confirmou que não houve sobreviventes na queda do avião.

A aeronave caiu por volta das 10h. De acordo com o Comando da Aeronáutica, o Cessna 560XL, prefixo PR-AFA, decolou do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com destino ao Aeroporto de Guarujá (SP). Quando se preparava para pouso, o avião arremeteu devido ao mau tempo. Em seguida, o controle de tráfego aéreo perdeu contato com a aeronave.

Marina Silva, vice na chapa de Eduardo Campos, não estava no avião.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro