São Paulo, SP, 17/09/2019
 
28/07/2014 - 00h22m

Eduardo Jorge, do PV, defende alterações na legislação ambiental

Agência Brasil/Marcelo Brandão 
Divulgação
Eduardo Jorge, do PV, diz que existe há 30 anos e sabe o que fazer para defender meio ambiente
Eduardo Jorge, do PV, diz que existe há 30 anos e sabe o que fazer para defender meio ambiente

Brasília - O candidato à Presidência da República pelo PV, Eduardo Jorge, defendeu mais uma vez, durante inauguração do comitê de seu partido em Brasília, a mudança da matriz energética brasileira e a adoção de combustíveis mais limpos para automóveis.

Apesar do discurso voltado principalmente às questões ambientais, Jorge também comentou a formação de alianças políticas para a disputa eleitoral e defendeu a posição do PV de não se coligar a outros partidos para concorrer à Presidência da República.

“O PV já existe há quase trinta anos no Brasil. Não é um partido novo, aventureiro, um partido para vender minuto na TV para depois negociar cargo com o governo. O Partido Verde é uma missão, uma boa nova na política”, argumentou.

O candidato disse que, nos estados, o PV busca coligações com legendas que queiram ouvir suas ideias, sem entrar na disputa entre partidos rivais.

“É natural que, às vezes, o PV esteja coligado com o PT em alguns lugares e em outros com o PSDB e as pessoas estranhem isso. Se um partido estiver disposto a ouvir as ideias do PV, vamos ajudar”, disse.

A candidata do PV à vice-presidência, Célia Sacramento, destacou o histórico político de Jorge para conquistar o voto dos brasileiros. Lembrou iniciativas dele na redução do preço dos medicamentos com os genéricos e a adoção, pelo Sistema Único de Saúde (SUS), do procedimento de laqueadura de trompas. “Quando as pessoas começarem a ver o que já foi construído e quais são as nossas propostas, com certeza vamos elevar os nossos índices. Então, estamos confiantes”.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro