São Paulo, SP, 16/06/2019
 
16/01/2015 - 17h17m

Em preparação para as Olimpíadas, centro de ginástica artística é inaugurado no Rio

Agência Brasil/Vitor Abdala  

Rio de Janeiro - O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) inaugurou nesta sexta-feira (16) o Centro de Treinamento de Ginástica Artística que atenderá aos atletas da seleção brasileira nos Jogos Olímpicos de 2016. O centro foi entregue cerca de um ano e meio antes do início da competição, que será realizada na cidade do Rio de Janeiro.

Antes do centro, os treinamentos eram feitos dispersamente nos clubes dos próprios atletas. O coordenador da seleção masculina de ginástica artística, Leonardo Finco, disse que esperava um centro de treinamento desde 2009, quando começou a preparação da equipe para as Olimpíadas.

Segundo ele, o Centro de Treinamento (CT) está no nível dos melhores do mundo, mas o que pesa contra os brasileiros, em relação a outras seleções, é o tempo. Enquanto outros países já treinam suas equipes em centros de excelência há mais tempo, os brasileiros só começarão agora. “Nossa vontade era ter começado em 2009, mas antes tarde do que nunca”, disse Finco.

O ginasta Arthur Zanetti, ganhador da medalha de ouro nas argolas nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, elogiou a qualidade do centro, mas também falou sobre a entrega do CT a menos de dois anos a da competição. “Para mim, não houve muita influência, pelo fato de eu treinar em São Caetano, ter o meu ginásio. Mas, para quem não tem clube, isso afetou bastante”, disse Zanetti.

O presidente do COB, Carlos Arthur Nuzman, minimizou a demora na implantação do CT, que funciona em uma quadra de aquecimento do HSBC Arena, mesma instalação esportiva onde haverá as competições de ginástica artística nas Olimpíadas.

“O Brasil ganhou a sede dos Jogos Olímpicos sem nenhum centro de treinamento. Nenhuma cidade ganhou. Essa montagem é aos poucos. Ela é feita gradativamente. E o Rio de Janeiro terá um parque esportivo raro no mundo. Agora chegou a oportunidade da ginástica, como outros já tiveram e outros vão ter para frente. Isso não impediu os atletas de treinar. Eles vão dar continuidade dentro desse centro, que é definitivo”, disse Nuzman.

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, disse hoje que pretende manter o centro de treinamento depois dos Jogos Olímpicos. A seleção feminina já começou os treinos no local, mas a masculina só usará o espaço a partir de março. Em abril, o centro será entregue ao Comitê Olímpico Internacional para a realização dos eventos-teste dos Jogos, já que o espaço será usado como local de aquecimento para as competições.

 

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro