São Paulo, SP, 21/06/2018
 
22/08/2016 - 23h11m

Engenheiro diz que viu leão adulto próximo de canavial de Tanquã

Agência Hoje* 

Piracicaba (Agência Hoje) - A Polícia Militar Ambiental está analisando a possibilidade de fazer uma operação para localizar e apreender um leão adulto, velho e muito magro, que teria sido visto mais de uma vez, entre junho e julho, perto de uma plantação de laranjas, nas proximidades da Fazenda Citrosuco, em Piracicaba.

A primeira declaração sobre a existência do leão foi feita pelo engenheiro agrônomo João Marcelo Elias, residente em Piracicaba. Ele confirmou que viu, fotografou e filmou um leão solto em um canavial nas proximidades de Tanquã. O animal seria adulto, com juba e correu para longe, evitando a aproximação.

Moradores da região admitiram que o animal foi visto em outras ocasiões, mas não existe registro de ataque a pessoas. Os rastros do leão foram fotografados e levados para análise de especialistas. Todos fizeram comparações e concordaram que eles são semelhantes ao de leões africanos.

A notícia sobre o leão foi divulgada inicialmente pelo Jornal de Piracicaba, no dia 26 de junho, em matéria assinada pelo repórter Felipe Ferreira. Depois, outras fontes confirmaram que o animal existe de verdade e estaria circulando entre uma plantação de cana e outra de laranja, perto de uma área de mata fechada.

Veja o texto de Felipe Ferreira, do Jornal de Piracicaba:

"Era por volta das 16h quando (o engenheiro) Elias, que realizava um trabalho de medição de mognos na fazenda São Francisco, visualizou o suposto leão. A propriedade onde ele estava fica nas imediações da fazenda Citrosuco, entre uma plantação de laranjas e um canavial. O agrônomo disse que estava a 60 metros do felino, em um pomar de laranjas, quando o amigo fez a foto."

“Estávamos finalizando os trabalhos do dia quando vi um animal alto, mas que até então não conseguia identificar. Pedi a meu amigo para fazer uma foto usando uma lente de aproximação e ficamos surpresos quando concluímos que poderia se tratar de um leão, aparentemente magro e idoso”, afirmou Elias.

"Após mostrar a imagem para diversas pessoas, ele descartou as várias hipóteses entre os que que apontavam ser outro mamífero. “Não acho que é veado, lobo-guará ou onça pintada, porque pela foto dá para ver o que parece ser uma juba. A partir disso, fiz contato com uma empresa que se interessou no assunto e vai instalar, na região em que o animal foi visto, uma trap-camera, equipamento fotográfico com sensores de movimento e infravermelho na tentativa de fotografar o animal”, disse.

"O agrônomo informou ter apresentado a um veterinário as fotos de pegadas que seriam do animal, e, segundo ele, o profissional acredita na hipótese de ser mesmo um leão. “Este veterinário comparou as marcas com a pegada de leões da África, e considerou muito semelhantes, e concluiu também que este leão seria magro e velho, porque suas pegadas, com cerca de 10 centímetros de diâmetro, não são tão grandes e profundas como seriam as de um leão jovem e saudável”, afirmou".

* Com informações do Jornal de Piracicaba

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro