São Paulo, SP, 12/11/2019
 
23/05/2016 - 13h23m

Entenda o sistema de classificação para a Rio 2016 na natação

Portal EBC/Líria Jade 
Divulgação/Ministério da Defesa
Natação nos Jogos Olímpicos conta com 32 eventos, sendo 16 masculinos e 16 femininos
Natação nos Jogos Olímpicos conta com 32 eventos, sendo 16 masculinos e 16 femininos

Brasília - A natação nos Jogos Olímpicos conta com 32 eventos, sendo 16 masculinos e 16 femininos. Para cada tipo de evento, a Federação Internacional de Natação (Fina) estabeleceu tempos padronizados de dois tipos: o Tempos Olímpicos Qualificatórios (Índice A) e o Tempos Olímpicos de Seleção (Índice B).

O Índice A toma como referência o tempo do 16º colocado nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012; o Índice B tem um acréscimo de 3,5% em relação ao padrão qualificatório.

Esses tempos só podem ser atingidos em competições aprovadas para este propósito pela Fina durante o período de qualificação, que vai de 1º de março de 2015 a 3 de julho de 2016.

 

À esquerda estão os tempos para provas masculinas e à direita, das femininas. A primeira marca é o Índice A e a segunda, o Índice B. As provas são: 100m livre (100m freestyle), 200m livre (200m freestyle), 400m livre (400m freestyle), 800m livre (800m freestyle), 1500m livre (1500m freestyle), 100m costas (100m backstroke), 200m costas (200m backstroke), 100m peito (100m breaststroke), 200m peito (200m breaststroke), 100m borboleta (100m butterfly), 200m borboleta (200m butterfly), 200m medley (200m individual medley) e 400m medley (400m individual medley). 

O número máximo de atletas por nação é de 26 homens e 26 mulheres, com restrição de dois atletas em cada prova e uma equipe em cada revezamento. Apenas os atletas que estejam aptos a participar das competições oficiais da Fina poderão participar dos Jogos Olímpicos.

A maior parte das provas tem classificação pela obtenção dos índices Olímpicos, que podem ser A e B. Se o atleta alcançar o índice A, estará apto a competir nos Jogos Rio 2016. No entanto, a participação não é garantida, já que um país pode enviar, no máximo, dois atletas com índice A por prova. Os atletas que atingirem índice B serão convidados até que seja atingido o total de 900 atletas.

Para as provas de revezamento, serão 16 times em cada um dos seis eventos – três masculinos e três femininos. As 12 melhores equipes do Mundial de 2015 em cada prova estarão classificadas. As quatro vagas restantes sairão do ranking mundial dentro do período de classificação.

As vagas universais são destinadas aos atletas que participaram do Mundial de Kazan e não atingiram os índices de classificação. Os países cujos nadadores não alcançaram o Índice A ou não tenham sido selecionados pela Fina pelo Tempo B poderão entrar com, no máximo, um homem e uma mulher, desde que tenham participado do Campeonato Mundial de 2015 e sejam aprovados pela federação internacional.

Após o período de classificação, a Fina deve avaliar o número de atletas que tenham atingido o Índice A, o número de atletas do revezamento e o número de indicados para as vagas universais. Para completar o número total de atletas das Olimpíadas, a entidade convidará atletas que tenham atingido o Tempo B e informará a cada Comitê Nacional até 3 de julho de 2016.

Confira quem são os atletas brasileiros classificados para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro:

Provas individuais

50m livre masculino

Bruno Fratus

Ítalo Duarte

50m livre feminino

Etiene Medeiros

Graciele Herrmann

100m livre masculino

Nicolas Oliveira

Marcelo Chierighini

100m livre feminino

Etiene Medeiros

200m livre masculino

Nicolas Oliveira

200m livre feminino

Manuella Lyrio

Larissa Oliveira

400m livre masculino

Luiz Altamir

1500m livre masculino

Brandonn Almeida

Miguel Valente

100m costas masculino

Guilherme Guido

100m costas feminino

Etiene Medeiros

200m costas masculino

Leonardo de Deus

100m peito masculino

Felipe França

João Gomes Júnior

200m peito masculino

Thiago Simon

Tales Cerdeira

100m borboleta masculino

Henrique Martins

Marcos Antônio Macedo

100m borboleta feminino

Daynara de Paula

Daiene Dias

200m borboleta masculino

Leonardo de Deus

Kaio Márcio

200m medley masculino

Henrique Rodrigues

Thiago Pereira

200m medley feminino

Joanna Maranhão

400m medley masculino

Brandonn Almeida

400m medley feminino

Joanna Maranhão

Equipes de revezamento:

4x100m livre masculino

França

Rússia

Itália

Brasil (Marcelo Chierighini, Nicolas Nilo Oliveira, João de Lucca e Matheus Santana)

Polônia

Japão

China

Canadá

Bélgica

Grã-Bretanha

Alemanha

Estados Unidos

4x100m medley masculino

Estados Unidos

Austrália

França

Japão

Alemanha

Grã-Bretanha

Polônia

Rússia

Itália

Brasil (Guilherme Guido, João Gomes Junior, Henrique Martins e Marcelo Chierighini)

China

Lituânia

4x200m livre masculino

Austrália

Estados Unidos

Grã-Bretanha

Alemanha

Polônia

Holanda

Rússia

Bélgica

Espanha

Japão

França

Dinamarca

4x100m livre feminino

Estados Unidos

Austrália

Holanda

Suécia

Canadá

China

Itália

França

Japão

Rússia

Brasil (Larissa Oliveira, Etiene Medeiros, Daynara de Paula e Manuella Lyrio)

Polônia

4x100m medley feminino

China

Estados Unidos

Suécia

Austrália

Dinamarca

Canadá

Grã-Bretanha

Japão

Itália

Rússia

Alemanha

França

4x200m livre feminino

Itália

Estados Unidos

Austrália

Suécia

China

Japão

Grã-Bretanha

França

Rússia

Brasil (Larissa Oliveira, Manuella Lyrio, Jessica Cavalheiro e Gabrielle Roncatto)

Canadá

Alemanha

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro