São Paulo, SP, 25/09/2018
 
31/01/2018 - 21h10m

Estimativa de ocupação dos hotéis durante carnaval chega a 90% e anima empresários

Agência Brasil/Alana Gandra 

Rio de Janeiro - Para a rede hoteleira do Rio de Janeiro, o carnaval deste ano será bem melhor que o de 2017, disse na terça-feira (31 de janeiro) o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH Nacional), Manoel Linhares. Segundo Linhares, o otimismo está relacionado à melhora dos indicadores econômicos no país.

“O turismo é um setor muito sensível, que impacta logo quando há uma crise. Mas quando a economia começa a melhorar, é o primeiro a mostrar pessoas viajando mais, executivos participando mais de agendas de negócios”, explicou o executivo.

A expectativa é que a ocupação atinja 90% em alguns destinos, durante o carnaval, como ocorreu no Réveillon. É o caso de Salvador e do Recife. No Rio de Janeiro, a previsão oscila entre 85% e 90%. Mesmo na cidade de São Paulo, cuja rede hoteleira teve ocupação média de 30% durante o carnaval de 2016 e de 35% no do ano passado, a previsão é chegar este ano a 45% de reservas para o período. “O carnaval é a data mais importante para o turismo nacional em certas regiões”, ressaltou Linhares.

Também para os viajantes que procuram lugares mais tranquilos para relaxar e ter mais contato com a natureza nesse período, a perspectiva para os hotéis é de crescimento da taxa de ocupação. No litoral paulista, por exemplo, as pesquisas sinalizam ocupação acima de 90%. Em Fortaleza, que no ano passado registrou média de reservas de 78,2%, a projeção é ultrapassar 85% no carnaval 2018, revelou Manoel Linhares.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro