São Paulo, SP, 19/11/2019
 
26/05/2014 - 22h22m

Ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, entrega passaporte português ao STF

Agência Brasil/André Richter 
Rio de Janeiro - O ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa entregou nesta segunda-feira (26) ao Supremo Tribunal Federal (STF) seu passaporte de origem portuguesa. Investigados da Lava Jato continuam presos até ministro analisar processos O envio ocorreu uma semana após o ex-diretor entregar outro passaporte, o brasileiro, à Justiça Federal no Paraná, conforme determinação do ministro do STF Teori Zavascki, relator das ações penais oriundas da investigação da Operação Lava Jato, da Polícia Federal. Na segunda-feira (19), Zavascki determinou que todos os investigados na Operação Lava Jato entregassem o documento como medida preventiva contra uma possível fuga do país. Costa é réu em duas ações penais. A primeira investiga supostos desvios de recursos públicos na construção da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco. Segundo o Ministério Público, a obra foi orçada em R$ 2,5 bilhões e alcançou gastos de R$ 20 bilhões. Na segunda ação penal, o ex-diretor é acusado de obstruir as investigações. No processo, também são réus as duas filhas dele, Arianna Costa e Shanni Costa, e os dois genros.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro