São Paulo, SP, 19/05/2019
 
03/05/2012 - 22h30m

Exposição Modigliani: Imagens de uma Vida chega ao Masp dia 17

Agência Brasil/Paulo Virgilio 
Divulgação
Com obras que circulam pela primeira vez na América Latina, a exposição vai exibir 12 pinturas e cinco esculturas originais, dentre 230 peças.
Com obras que circulam pela primeira vez na América Latina, a exposição vai exibir 12 pinturas e cinco esculturas originais, dentre 230 peças.

Rio de Janeiro - Mais de 50 mil pessoas já visitaram a exposição Modigliani: Imagens de uma Vida, que se despede no próximo domingo (6) do Museu Nacional de Belas Artes (MNBA), no Rio de Janeiro. Considerada um dos mais importantes eventos do calendário oficial do Momento Itália-Brasil 2012, a mostra foi inaugurada no dia 31 de janeiro, apresentando pela primeira vez na América Latina uma coleção de 12 pinturas e cinco esculturas originais, além de desenhos, documentos, fotos e manuscritos do italiano Amedeo Modigliani (1884-1920).

De acordo com o curador da mostra, o francês Christian Parisot, Modigliani, definido como “artista sem mestre e sem discípulos”, se destaca no panorama das artes plásticas por ter sido fiel à sua visão figurativa, “conseguindo chegar a uma síntese perfeita entre a imagem e o sentimento que ela suscita”. As obras expostas na mostra foram cedidas por colecionadores particulares e por instituições, como a Modigliani Institut Archivés Légales Paris-Roma, presidido por Parisot.

Nesta última semana de visitação da exposição, o MNBA tem entrada franca todos os dias e o horário foi estendido: hoje (3) e amanhã (4), das 10h às 20h, e sábado e domingo, das 11h às 18h. No sábado (5), o museu vai oferecer oficinas gratuitas, às 14h e às 15h30, destinadas a crianças e suas famílias, que poderão ouvir histórias e participar de atividades artísticas. O MNBA fica na Avenida Rio Branco, 199, no centro do Rio.

Após a temporada no Museu Nacional de Belas Artes, a exposição segue para o Museu de Arte de São Paulo (Masp), na capital paulista, onde fica de 17 de maio a 15 de julho. Depois, a mostra vai para o Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba, de 26 de julho a 30 de setembro.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro