São Paulo, SP, 17/08/2019
 
23/05/2016 - 13h33m

Flamengo ganha o Brasileirão Feminino após derrotar Rio Preto

Portal EBC/Edgard Matsuki  
Divulgação/All Sports/Tasso Marcelo
Ao todo, a equipe teve 15 jogos, 9 vitórias, 3 empates e 3 derrotas
Ao todo, a equipe teve 15 jogos, 9 vitórias, 3 empates e 3 derrotas

Brasília - Pela primeira vez na história do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino, o campeão não vem do estado de São Paulo. Flamengo conquistou o título após vencer o Rio Preto por 2 a 1 em partida disputada no estádio Anísio Haddad, em São José do Rio Preto. Os gols da partida foram marcados por Larissa (pênalti) e Gabi. Siméia (pênalti) descontou para o time da casa.

Depois de perder o primeiro jogo em casa e com a necessidade da vitória, o Flamengo precisava a todo custo da vitória e partiu para cima do oponente. Logo aos cinco minutos, a equipe conseguiu o primeiro gol.

Após sofrer pênalti, Larissa cobrou no esquerdo de Luciana, que nem se mexeu. O Rio Preto conseguiu uma reação rápida. Aos nove minutos, Kamilla também foi derrubada na área. Siméia cobrou com perfeição e empatou.

A partir daí, o Rio Preto começou a tentar jogadas no ataque. Porém se descuidou na defesa. Em um contra-ataque. Gaby tocou para Bárbara, que chutou forte. A goleira Luciana defendeu e no rebote, Gaby marcou o gol do título.

A partir daí, o jogo caiu muito. O Rio Preto errava muito no ataque e o Flamengo não conseguia encaixar o contra-ataque. Com tantos erros, o placar ficou no 2 a 1 e o título foi para o Rio de Janeiro.

Campanha

O Flamengo teve uma campanha muito consistente durante todo o campeonato. Na primeira fase, a equipe passou com sobras em um grupo com São Francisco (BA), Vitória (PE), Viana (MA) e Duque de Caxias (RJ). O time teve três vitórias e um empate.

Na segunda fase, o Flamengo caiu em um grupo muito duro. Enfrentou Iranduba (AM), Corinthians (SP) e São José (SP) (as duas últimas equipes favoritas ao título). O time quase foi eliminado após perder para o Corinthians por 2 a 0. Mas o time se recuperou e venceu três jogos seguidos. Passou em primeiro lugar do grupo com quatro vitórias, um empate e uma derrota.

Nas semifinais, o Flamengo teve a Ferroviária (atual campeã da Libertadores) pela frente. Depois de perder por 2 a 1 fora de casa, conseguiu a vaga ao vencer por 1 a 0 em casa. Na final, o time teve pela frente o Rio Preto (campeão de 2015). Depois de perder por 1 a 0 em casa, o time conseguiu reverter todos os prognósticos e ganhou por 2 a 1 fora de casa.

Ao todo, a equipe teve 15 jogos, 9 vitórias, 3 empates e 3 derrotas. Fez 23 gols e sofreu 11. A artilheira da equipe foi Larissa com oito gols marcados.

Estrutura

Todas as atletas do time recebem salário das Forças Armadas (muito acima da média do futebol feminino, como apontou o técnico do time, Ricardo Abrantes) e a estrutura também é dada pela instituição. O Flamengo entra “apenas” com a camisa e a tradição.

Após o título brasileiro, as jogadoras vão vestir a camisa da Marinha no Mundial Militar de Futebol. No segundo semestre, o time vai disputar a Copa do Brasil e o Campeonato Carioca. As competições ainda não têm data feminina.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro