São Paulo, SP, 17/10/2018
 
20/01/2017 - 22h52m

Forças Armadas já reforçam segurança nas ruas de Natal, mas não entram em presídio

Agência Brasil/Sumaia Villela, enviada especial 

Natal - Militares das Forças Armadas começaram hoje (20) a reforçar o policiamento na região metropolitana de Natal, que vive um clima de insegurança por causa do confronto entre facções criminosas que já dura uma semana na Penitenciária de Alcaçuz. Dos 1.846 militares enviados ao Rio Grande do Norte para o reforço, 650 já vão para as ruas nesta sexta-feira e os demais começam a atuar até domingo (22).

De acordo com o ministro da Defesa, Raul Jungmann, por enquanto, os militares não vão trabalhar na segurança dos presídios, como ficou acertado entre governadores e o presidente Michel Temer após a deflagração da crise prisional pelo país. Essa etapa só será colocada em prática depois que o estado retomar o controle da Penitenciária de Alcaçuz.

“Os órgãos de inteligência precisam nos dar a garantia que não existe risco de acirrar os ânimos e isso resultar em confrontos. Reitero que as Forças Armadas não vão reprimir facções, remanejar presos. Vão fazer a vistoria, a limpeza das unidades prisionais.”

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro