São Paulo, SP, 19/09/2019
 
19/04/2016 - 14h06m

França oferece um auxílio de 100 milhões de euros ao Líbano

Agência Lusa 
Agência Brasil/Arquivo
Medida deve auxiliar no acolhimento de refugiados
Medida deve auxiliar no acolhimento de refugiados

Beirute - O presidente francês François Hollande anunciou uma ajuda de 100 milhões de euros ao Líbano, que acolhe mais de um milhão de refugiados sírios, e uma assistência militar imediata ao exército libanês. “A ajuda da França será elevada a 100 milhões de euros nos próximos três anos”, disse Hollande numa entrevista conjunta com o primeiro-ministro libanês, Tammam Salam, durante uma visita a Beirute.

Fonte da delegação de Hollande disse à agência France Presse que se trata de “uma aceleração” da ajuda ao Líbano, um país de 4,4 milhões de habitantes que acolhe 1,1 milhões de refugiados sírios. Hollande sublinhou o “contexto particularmente pesado” do Líbano, que “além das guerras” nas suas fronteiras e “da ameaça terrorista”, “ainda acolhe um grande número de refugiados”.

Neste domingo, segundo e último dia da visita ao Líbano, Hollande vai visitar um campo de refugiados onde se reunirá com famílias sírias que esperam obter asilo na França, que acolhe atualmente dez mil refugiados sírios.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro