GM decide encerrar turno, mas promete manter funcionários - Hoje São Paulo
São Paulo, SP, 19/08/2018
 
16/06/2012 - 00h25m

GM decide encerrar turno, mas promete manter funcionários

Folhapress 

SÃO PAULO, SP (Folhapress) - Depois de anunciar a criação de um PDV (Plano de Demissão Voluntária), a GM decidiu encerrar o turno de uma de suas linhas de produção na fábrica de São José dos Campos, de acordo com o sindicato dos metalúrgicos da região.

Segundo a entidade, a montadora garantiu, por telefone, que os cerca de 500 trabalhadores integrantes do turno encerrado não serão dispensados. Os funcionários do segundo horário da produção dos modelos Corsa, Zafira e Meriva devem ser remanejados para outros horários e funções na unidade.

Procurada, a companhia afirmou que não vai comentar as informações.

A GM abriu no começo do mês um programa de demissão voluntária em São José dos Campos. A decisão foi tomada 15 dias após o anúncio de medidas de estímulo para o setor, pelas quais o governo cobrou como contrapartida a manutenção do emprego. O sindicato estima que cerca de 50 funcionários aderiram ao programa até agora.

Também no início do mês, a montadora abriu um terceiro turno para a produção da S10. O horário adicional começa a funcionar na próxima semana e vai abrigar 62 integrantes do turno fechado. Outros 412 trabalhadores serão remanejados para o primeiro horário da mesma produção.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro