São Paulo, SP, 18/06/2019
 
01/08/2016 - 15h12m

Governo corrige falhas na administração e economiza R$ 2,3 bi

Agência Brasil 
Agência Brasil/Arquivo
Medidas de redução de gastos e suspensão de pagamentos duvidosos levaram Governo a economizar
Medidas de redução de gastos e suspensão de pagamentos duvidosos levaram Governo a economizar

Brasília - O Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle, antiga Controladoria-Geral da União (CGU), divulgou nesta segunda-feira (1º) que as ações de correção de falhas identificadas e de aprimoramento das políticas públicas federais geraram uma economia de R$ 2,38 bilhões em recursos da União, em 2015.

O volume foi alcançado por meio das recomendações de controle interno, além da melhoria da qualidade dos serviços públicos.

Entre as ações estão a suspensão de pagamentos continuados indevidos, que resultou na maior economia, mais de R$ 1 bilhão.

Os indicadores registram ainda que R$ 428 milhões foram economizados com a redução nos valores de contratos e licitações.

O balanço do ministério aponta também que R$ 14 milhões foram poupados com o cancelamento de licitação devido a objeto desnecessário e R$ 46 milhões com a recuperação de valores pagos indevidamente.

Houve, ainda, segundo o ministério, a economia de R$ 6 milhões com a eliminação de desperdícios ou a redução de custos administrativos.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro